Mercado abrirá em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,98
    +0,62 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.786,30
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    49.764,20
    -911,40 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.302,53
    -2,59 (-0,20%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.206,18
    +209,31 (+0,87%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.372,75
    -19,50 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2762
    +0,0021 (+0,03%)
     

Bolsas asiáticas reagem à medidas de China e Japão para estimular a economia

·3 min de leitura

Os mercados asiáticos começaram a semana com os investidores reagindo aos estímulos fiscais e monetários das principais economias da região.

O cenário de que a recuperação econômica será mais fraca do que o esperado nos países têm direcionado as expectativas dos agentes no sentido de que os governos tomarão medidas expansionistas para salvar as economias.

Ontem (segunda-feira, 22/11), os índices acionários subiram na expectativa de afrouxamento da política monetária da China e os estímulos fiscais no Japão.

Nesta terça-feira (23/11), o Nikkei 225, o índice de referência do Japão, fechou com subida de 0,1%%, aos 29.774,11 pontos. 

Na China, o Shanghai Composite fechou com 0,20% de aumento, aos 3.589,09 pontos.

China

Analistas interpretaram as mudanças do último relatório do Banco Central da China como uma sinalização de possível reorientação da política monetária, no sentido expansionista.

O objetivo seria utilizar da flexibilização para apoiar a recuperação econômica frente à desaceleração verificada nos últimos meses, principalmente com a crise do setor imobiliário.

No relatório trimestral de política monetária publicado na sexta-feira (19/11), o Banco Popular da China (PBOC, na sigla em inglês) retirou alguns termos citados em comunicados anteriores, como a manutenção de uma “política monetária normal”.

Para alguns analistas de importantes instituições financeiras, isso indica uma mudança de postura com foco em medidas de apoio.

O relatório retirou frases anteriores como “controlar a válvula sobre a oferta monetária” e não “inundar a economia com estímulos”, o que sinaliza mais suporte de crédito nos próximos meses.

“Esperamos que Pequim em breve intensifique significativamente a flexibilização monetária e estímulo fiscal para neutralizar a crescente pressão de baixa”, disse Lu Ting, do banco japonês Nomura.

Porém, de acordo com as expectativas de alguns economistas, as medidas de afrouxamento provavelmente seriam focadas em pequenas empresas e “projetos verdes”, alinhados aos esforços do governo de reduzir as emissões de carbono.

No Goldman Sachs, Hui Shan e equipe disseram que a taxa básica de juros deve permanecer inalterada, enquanto Lu, da Nomura, acredita que há maior probabilidade de redução dos requisitos para a taxa de compulsório dos bancos nos próximos meses.

Japão

O Governo japonês aprovou na sexta-feira da semana passada (19/11) o terceiro pacote de estímulo econômico desde o início da pandemia.

Este é considerado o maior pacote de estímulo fiscal de sua história, avaliado em 55,7 trilhões de ienes. O valor é referente a cerca de 2,7 trilhões de reais, e mais de 10% do PIB japonês. 

O novo conjunto de medidas representa quase o dobro do valor prometido pelo primeiro-ministro Fumio Kishida durante sua campanha eleitoral em outubro.

O objetivo desta medida é atuar na recuperação econômica e redistribuir a riqueza entre as famílias e pequenos negócios.

A terceira maior economia do mundo encolheu 0,8% no trimestre de julho a setembro em relação ao trimestre anterior.

O plano de estímulo inclui gastos para melhorar a resposta à crise de saúde, além de outras medidas que não estão diretamente relacionadas com a pandemia.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos