Bolsas asiáticas fecham em direções divergentes

Os mercados de ações da Ásia fecharam em direções divergentes nesta sexta-feira, após a divulgação de dados que mostraram uma desaceleração no crescimento das exportações da China. Além disso, os investidores estão aguardando o Relatório de Emprego dos EUA (payroll), previsto para hoje, em busca de mais sinais sobre a recuperação econômica norte-americana e o futuro da política monetária do Federal Reserve.

As exportações na China tiveram alta de 4,3% em dezembro, em comparação com o mesmo mês de 2012, ficando levemente abaixo das previsões de analistas consultados pelo Wall Street Journal, de um avanço de 4,5%. O resultado sinaliza uma desaceleração substancial ante o ganho de 12,7% observado em novembro. Em dezembro, o superávit comercial do país ficou em US$ 25,6 bilhões, em comparação com um saldo positivo de US$ 32,2 bilhões.

Até agora neste ano, os dados econômicos chineses têm apontado para uma imagem de fraqueza na segunda maior economia do mundo, com outros indicadores mostrando uma desaceleração da atividade tanto para os setores de serviços quanto para a indústria. Além disso, os números de inflação, divulgados na quinta-feira, sinalizaram que a economia chinesa está desaquecendo.

A perspectiva econômica mais fraca, junto com a retomada das ofertas públicas iniciais nos mercados de ações chinesas, tem pesado sobre os pregões do país. O índice Xangai Composto perdeu 0,7%, a 2.013,30 pontos, e registrou uma baixa de 3,4% na semana. O índice Shenzhen Composto encerrou o pregão em queda de 1,6% nesta sexta-feira, a 1.021,59 pontos. Já o índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, teve alta de 0,3%, aos 22.846,25 pontos, com foco na alta nas importações da China, que tiveram alta anual de 8,3% em dezembro.

Além dos dados chineses, o foco dos investidores também ficou no Relatório de Emprego dos EUA, que deve ser publicado na manhã desta sexta-feira. Os mercados devem analisar os dados dos EUA de perto para avaliar a robustez da economia dos EUA e a que ritmo o Fed poderá continuar a retirar os estímulos.

O índice Kospi, da Coreia do Sul, perdeu 0,4%, a 1.938,54 pontos, e o índice S&P ASX 200, de Sydney, cedeu 0,2%, a 5.312,40 pontos. O índice Taiwan Weighted teve alta de 0,2%, a 8.529,35 pontos. O índice PSEi, de Manila, cedeu 1,6%, a 5.842,88 pontos. Com informações da Dow Jones.

Carregando...