Bolsas asiáticas fecham em baixa após ata do Fed

A maioria das bolsas da Ásia fechou em baixa nesta sexta-feira após o Federal Reserve, o banco central dos EUA, sugerir em ata publicada nesta quinta-feira (3) que seus esforços de estímulo podem ser retirados mais cedo do que se imaginava.

Na China, cujos mercados voltaram a operar hoje após as comemorações do ano-novo, o índice Xangai Composto encerrou o pregão em alta de 0,4%, aos 2.276,99 pontos, sustentado pelos setores de petróleo e metais após a recente divulgação de dados positivos da atividade manufatureira. O índice Shenzhen Composto, por outro lado, recuou 0,4%, para 877,76 pontos.

De forma geral, o sentimento dos investidores na Ásia foi afetado pela ata da última reunião de política monetária do Fed. O documento mostrou que membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) estudam quando devem interromper os programas de compras de bônus da instituição, com alguns defendendo a suspensão imediata dos estímulos e outros sugerindo que o esquema permaneça em vigor até o final do ano.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé caiu na sessão de hoje em meio à realização de lucros após ralis recentes. Analistas acreditam que o mercado local deva se consolidar no curto prazo. Os investidores aguardam o anúncio dos ganhos corporativos que serão divulgados no final deste mês. O índice Taiwan Weighted recuou 0,39%, para 7.805,99 pontos. As ações da MediaTek, HTC e Hon Hai tiveram perdas de 6,3%, 2,4% e 1,2%, respectivamente. Em Hong Kong, o índice Hang Seng registrou queda de 0,3%, a 23.331,09 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul terminou o pregão em baixa, estendendo suas perdas pelo segundo dia consecutivo, influenciada pelo declínio dos papéis da Samsung Electronics e de montadoras. O índice Kospi perdeu 0,37%, para 2.011,94 pontos. As ações da Samsung Electronics recuaram 1,2%. A Hyundai Mobis e Kia Motors caíram, respectivamente, 4% e 1,8%. As ações da Hyundai Motor fecharam estáveis. As montadoras, grandes exportadoras, temem o enfraquecimento da moeda japonesa.

A Bolsa de Manila foi uma exceção hoje, com o índice PSEi avançando 0,6%, a 5.971,45 pontos, após a divulgação de dados benignos da inflação local.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney também fechou em queda, conduzida pelas ações de recursos, que reagiram negativamente à ata do Fed. O índice S&P/ASX 200 caiu 0,36%, para 4.723,80 pontos. As ações da BHP Billiton, Rio Tinto e Fortescue Metals tiveram perdas entre 0,6% e 3,6%. As informações são da Dow Jones.

Carregando...