Bolsas asiáticas fecham em alta influenciada por bancos

Os mercados acionários da Ásia fecharam em alta, com a Austrália liderando os ganhos da sessão na reabertura do pregão depois de um feriado nacional na segunda-feira. Por outro lado, a Bolsa de Hong Kong foi puxada para baixo pelo Industrial & Commercial Bank of China (ICBC).

Os investidores estão se posicionando frente a uma série de grandes eventos econômicos nesta semana. Nos EUA, o Federal Reserve Bank concluirá a sua reunião de política monetária na quarta-feira, enquanto os números do mercado de trabalho norte-americano serão divulgados na sexta-feira.

Além disso, a China apresentará os dados industriais oficiais de janeiro no final da semana, oferecendo aos investidores uma chance de ver se a recuperação na maior economia da região continua em um bom caminho.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, fechou em queda de menos de 0,1%, com 23.655,17 pontos, puxado para baixo pelo ICBC, que caiu 2,2% após o Goldman Sachs levantar US$ 1 bilhão com venda de ações do banco.

O índice Xangai Composto subiu 0,5%, para 2.358,98, e o índice Shenzhen Composto avançou 0,9%, influenciados pelo setor financeiro, que continuou em alta pela segunda sessão seguida.

As ações na Austrália lideraram os ganhos na região, com o índice S&P/ASX 200 subindo 1,1%, para 4.889,00 pontos. Os papéis de bancos se destacaram na sessão, com o Westpac Banking fechando em alta de 2,4% e Commonwealth Bank of Australia avançando 1,8%.

O setor financeiro também levantou as ações nas Filipinas. O índice PSEi fechou em alta de 0,7%, a 6.235,44 pontos, com alto volume de negócios.

O índice Kospi, da Coreia do Sul, ganhou 0,8%, a 1.955,96 pontos, encerrando uma sequência de quatro dias de perdas. A Samsung Electronics e a Hyundai Motor avançaram 2,7% e 4%, respectivamente. Ambas as empresas começaram a se recuperar após um período de vendas desencadeadas pela divulgação de seus resultados na semana passada.

Em Taiwan, o índice Taiwan Weighted também apresentou um bom resultado, subindo 1,1%, para 7.802,00 pontos, impulsionado por ganhos de exportadores de eletrônicos uma vez que a moeda local tem se desvalorizado. As informações são da Dow Jones.

Carregando...