Bolsas asiáticas fecham em alta sob acordo sobre Grécia

As bolsas de valores da Ásia fecharam em alta na sessão desta terça-feira, logo após o anúncio do acordo de socorro fechado entre o Eurogrupo e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para reduzir a dívida da Grécia e socorrer o país balcânico. O mercado acionário da China foi exceção e terminou a sessão no nível mais baixo desde janeiro de 2009.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em alta pela quarta sessão seguida, mas com ganho modesto, de 0,3%, aos 7.430,20 pontos, em razão de realização de lucros com ações de grandes empresas. A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou com o índice Kospi em alta de 0,87%, aos 1.925,20 pontos.

O acordo para a Grécia também beneficiou a Bolsa de Valores de Sydney, que encerrou a jornada com alta de 0,7% no índice S&P/ASX 200, aos 4.456,8 pontos. O índice chegou à máxima de 4.461,7 pontos durante a sessão. Após ter caído 5,4% desde as eleições nos EUA no começo do mês, o índice australiano subiu 2,8% nas últimas sete sessões.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em uma nova máxima recorde, com alta de 0,1% no índice PSEi, para 5.586,45 pontos, embora abaixo da máxima intradia de 5.615,62 pontos, com o anúncio de ajuda à Grécia sustentando o interesse dos investidores nas maiores blue chips.

Já na China, o índice Xangai Composto fechou em queda de 1,3%, aos 1.991,17 pontos, o nível mais baixo desde janeiro de 2009, quando terminou o pregão com 1.990,66 pontos. O Shenzhen Composto caiu 3,0%, para 765,52 pontos. Segundo analistas, o mercado chinês se decepcionou com a falta de anúncio de novas políticas de apoio à economia local.

Os investidores também se retraíram devido às incertezas sobre os lucros das empresas, que devem se manter baixos até o primeiro trimestre de 2013, e a novas preocupações quanto a um possível excesso de ações no mercado. Em setembro, mais de 30 empresas listadas na bolsa de Shenzhen emitiram comunicados afirmando que os acionistas controladores manteriam suas posições até o final deste ano, após a expiração de um bloqueio a vendas (lock up) de três anos.

O índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, terminou a sessão praticamente estável, em alta de 0,1%, aos 21.890,71 pontos, com um impacto negativo da fraqueza das bolsas chinesas, que contrabalançou o entusiasmo com o acordo das autoridades europeias sobre a Grécia. As informações são da Dow Jones.

Carregando...