Bolsas da Ásia fecham sem sinal definido; HK cai 0,5%

Tóquio, 05/11/2012 - As bolsas asiáticas apresentaram números distintos nesta segunda-feira. Os investidores aguardam ansiosos pela eleição presidencial dos EUA e o início do Congresso do Partido Comunista da China. Parte das bolsas da região acabou influenciada pelo resultado negativo de Wall Street na sexta-feira.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong. Mas o contínuo fluxo de liquidez ajudou a reduzir o declínio. Além disso, as expectativas de que a China irá introduzir novas medidas para estimular a economia levou os analistas a elevar a previsão de ganhos para o índice no final deste mês. O Hang Seng caiu 0,5% e acabou aos 22.006,40 pontos, encerrando ganhos de 3,2% nas últimas três sessões. Cosco Pacific despencou 5%, com o pior desempenho entre as blue chips. O operador de cassino Sands China recuou 0,9%. Foxconn International disparou 31,9%.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou praticamente estável, após quatro pregões seguidos de ganhos, com os investidores aguardando a transição de governo. O Xangai Composto caiu apenas 0,1% e terminou aos 2.114,03 pontos, depois de avançar 2,5% na semana passada. O Shenzhen Composto baixou 0,5%, aos 858,60 pontos. Entre as blue chips montadoras, Chongqing Changan Auto perdeu 3,3% e FAW Car recuou 2,5%.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé terminou o pregão em baixa, com os investidores cautelosos sobre as perspectivas de vendas das empresas de tecnologia no quarto trimestre, à véspera das eleições nos EUA. O Taiwan Weighted caiu 0,35%, aos 7.185,36 pontos. As ações da Hon Hai, HTC e Acer recuaram, respectivamente, 1,3%, 1,5% e 3,5%.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em baixa, influenciada pelo declínio das ações das montadoras e pelas vendas estrangeiras. Os investidores estão cautelosos sobre a eleição presidencial nos EUA. O índice Kospi recuou 0,55%, aos 1.908,22 pontos. As ações da Kia Motors e da Hyundai Motor perderam, respectivamente, 6,9% e 7,2%.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em alta, depois que um mergulho no nível de empregos internamente aumentou as expectativas de um corte nas taxas de juros. Além disso, o mercado foi impulsionado pela possibilidade de os estoques de recursos se beneficiarem com os sinais de melhora na economia mundial. O índice S&P/ASX 200 subiu 0,32%, aos 4.474,12 pontos. As ações da BHP Billiton, Rio Tinto, Woodside Petroleum e Fortescue Metals subiram entre 0,6% e 2,6%.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, também apresentou alta, após dois pregões sem negociações por causa de feriados. O índice PSEi subiu 0,6% e fechou aos 5.457,82 pontos, com pesado volume de negociações. Metropolitan Bank & Trust ganhou 3,3%. As informações são da Dow Jones. (Antonio Rogério Cazzali e Ricardo Criez)

Carregando...