Bolsas da Ásia fecham em alta reagindo a dados da China

Grande parte dos mercados de ações asiáticos fechou em alta nesta sexta-feira, avançando durante a sessão após digerir mensagens divergentes de indicadores industriais da China. Dois conjuntos de dados divulgados hoje cedo sobre a atividade manufatureira chinesa apontaram diferentes tendências no setor.

Enquanto o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) oficial do setor manufatureiro apontou uma queda ante dezembro e ficou abaixo das expectativas do mercado, a leitura final do PMI industrial do HSBC - uma pesquisa que está mais inclinada para menores empresas privadas do que a leitura oficial - subiu para o maior nível em dois anos.

As ações em toda a região passaram a cair após a divulgação dos dados oficiais decepcionantes, mas, logo em seguida, o indicador mais positivo do HSBC, que saiu no final da sessão, levou alguns mercados ao terreno positivo.

Na China, a reação foi mista, com o índice Hang Seng, de Hong Kong, terminando em leve baixa de 0,03%, a 23.721,84 pontos, enquanto o índice Xangai Composto na China avançou 1,4%, para terminar em 2.419,02 pontos. O índice Shenzhen Composto subiu 0,9%, para 944,28 pontos.

Os dados da indústria foram os primeiros a serem divulgados na China neste mês, e serão seguidos pelos indicadores de comércio e inflação no final da próxima semana.

Nesta sexta-feira, o outro grande indicador econômico a ser liberado refere-se ao mercado de trabalho dos Estados Unidos. Os dados darão aos investidores a oportunidade de verificar a saúde da maior economia do mundo, poucos dias depois de o Federal Reserve Bank completar sua última reunião de política monetária.

Na Coreia do Sul, o Kospi caiu 0,2%, para 1.957,79 pontos, puxado para baixo pela realização de lucros e pelos resultados recentes de montadoras.

Já o índice S&P/ASX 200 avançou 0,9% na Austrália, para 4.921,10 pontos. A BHP Billiton ganhou 1,2% e a Rio Tinto avançou 1,3%. Os bancos, empresas de mídia e varejistas da Austrália fecharam em alta depois que o RP-Rismark disse que os preços de residências na capital subiram 1,2% em janeiro, superando o declínio do mês anterior.

As ações de Taiwan fecharam em leve alta, com os investidores agindo com cautela antes da divulgação dos resultados de grandes empresas de tecnologia, como HTC e Mediatek, na semana que vem. O índice Taiwan Weighted terminou o pregão com ganho de 0,1%, a 7.855,97 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Taipé fechou em alta, uma vez que os principais blue chips se recuperaram fortemente de uma leve realização de lucros na quinta-feira. O PSEi avançou 1,2%, para 6.318,61 pontos, um novo nível recorde de fechamento. Em 2012, o índice acumula 8,7%. As informações são da Dow Jones.

Carregando...