Mercado fechado

Bolsa tem sexta queda consecutiva pela primeira vez desde 2017

SÃO PAULO, SP, 09.05.2015 - Gráficos das recentes flutuações dos índices de mercado no pregão da BM & F Bovespa, na Bolsa de Valores de São Paulo. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1605091712526881

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa de Valores brasileira teve a sexta queda consecutiva nessa sexta-feira (10) e encerrou aos 115.503 pontos, um recuo de 0,38%. Na semana, acumula queda de 1,87%. Em 2020, o desempenho passou a uma perda de 0,12%.O volume financeiro deste pregão somou R$ 19,7 bilhões.

O Ibovespa não marcava seis quedas consecutivas desde setembro de 2017. Nos seis dias de queda, a Bolsa caiu 2,6%.

Nos mercados internacionais, o S&P 500 teve perda de 0,29% enquanto o Dow Jones caiu 0,46%. Na Europa, o índice Euro Stoxx caiu 0,17%.

Já o dólar fecha em alta de 0,26%, a R$ 4,097. Durante o pregão, a moeda chegou a ser cotada a R$ 4,10. Na semana, há alta de 1%.