Bolsa de Tóquio fecha estável, com foco nos EUA

A Bolsa de Tóquio fechou praticamente estável nesta quarta-feira, em pregão volátil. Os resultados da eleição presidencial nos EUA foram observados de perto pelos investidores, que viram o democrata Barack Obama garantir um segundo mandato, mas ainda não conseguiram definir um sinal claro para a política econômica norte-americana.

O Nikkei perdeu apenas 2,26 pontos, ou 0,03%, e terminou aos 8.972,89 pontos, após baixa de 0,4% na sessão de terça-feira. O volume de negociações subiu para 1,86 bilhão de ações, mas seguiu modesto.

Estrategistas disseram que uma vitória do candidato republicano Mitt Romney, que é visto como amigo do mercado financeiro, seria bom para as ações. Mas uma política de taxa de juros baixos, que deve ser mantida no novo mandato de Obama, também é boa para as ações.

"Diferentes pessoas estão dizendo coisas diferentes", disse Shigeo Sugawara, diretor de investimentos sênior da Sompo Japan Nipponkoa Asset Management. "Basicamente, haverá poucas mudanças políticas com a permanência de Obama, em comparação com o que ocorreria se Romney fosse eleito." Ainda assim, Obama deve enfrentar um duro caminho para lidar com o "penhasco fiscal".

"A reeleição de Obama torna mais possível que o Fed vá comprar títulos do governo após o término da Operação Twist no final do ano", disse Takahiro Sekido, estrategista do Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ Japan. As informações são da Dow Jones.

Carregando...