Bolsa de Tóquio fecha em alta de 0,67%

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em alta nesta quarta-feira com novo enfraquecimento do iene no meio da sessão, o que ajudou montadoras como a Fuji Heavy Industries e a Honda Motor, bem como construtoras, a exemplo da Mitsubishi Estate, que apagou suas perdas iniciais, empurrando para cima o mercado. O índice Nikkei registrou alta de 0,67%, aos 10.578,57 pontos, após a queda de 0,9% na sessão anterior. A alta rompeu dois dias de baixas no encerramento do pregão.

Os níveis de participação continuaram robustos, com mais de 3,6 bilhões de ações comercializadas, com valor de negócios aproximado de 2 trilhões de ienes (US$ 22,8 bilhões).

As ações de maior liquidez começaram a sessão em queda, em virtude do fortalecimento do iene no overnight, mas retomaram rapidamente o caminho de alta, depois que a moeda japonesa começou a cair, logo após a abertura do mercado. Assim que terminou o pregão, às 4h, no horário de Brasília, o dólar valia 87,48 ienes, depois de cair a 86,82 ienes, enquanto que um euro comprava 114,46 ienes, após recuar para 113,55 ienes.

"Apesar das condições de mercado supervalorizado, os sinais não apontam para um cenário onde o iene vá recuperar a maioria do terreno ganho desde meados de novembro, então, a realização de lucros deverá ser uma rotina, ao contrário de se fazer correria ou se entrar em pânico", disse o analista de mercado da Tachibana Securities, Kenichi Hirano.

As ações das financeiras reverteram rapidamente as perdas da manhã, com a Nomura Holdings somando 3,5%, e a Dai-ichi Life Insurance, que ganhou 2.5%. O Mitsubishi UFJ Financial Group conduziu o desempenho dos grandes bancos, com um avanço em suas ações de 1,5%.

Dentre as montadoras, a Fuji Heavy, fabricante da marca Subaru, subiu 3,8%, e a Honda também fechou em alta, com ganho de 1,6%, revertendo as perdas acentuadas no início do pregão. A Mitsubishi Estate conduziu o bom desempenho do setor da construção para o ramo imobiliário, somando 3,3%, enquanto que a Mitsui Fudosan terminou a sessão em alta de 2,7%. As informações são da Dow Jones.

Carregando...