Mercado fechado

Bolsa sobe 0,6% nesta terça-feira e renova máxima histórica

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09.05.2015: Gráficos da Bovespa na Bolsa de Valores de São Paulo. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nesta terça-feira (17), o Ibovespa subiu 0,64%, a 112.615 pontos, nova máxima histórica. O movimento é uma recuperação do recuo de 0,6% da véspera, quando o índice chegou a operar acima dos 113 mil pontos pela primeira vez, mas perdeu força com a confirmação pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros, de que o governo considera a criação de uma nova CPMF.

Já o relator da reforma tributária em comissão especial na Câmara dos Deputados, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse nesta terça que a possível volta da CPMF não está em discussão.

A alta deste pregão também é sustentada pelo crescimento acima do esperado da produção industrial americana em novembro, que subiu 1,1% no mês passado em relação a outubro -período em que a produção caiu 0,7%-, maior salto desde o começo de 2018. Bolsas americanas fecharam em leve alta, renovando suas máximas históricas.