Mercado fechará em 6 h 38 min
  • BOVESPA

    120.097,66
    +177,05 (+0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.934,91
    +535,11 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,99
    -0,72 (-1,11%)
     
  • OURO

    1.832,10
    +16,40 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.465,45
    -2,12 (-0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.491,50
    +20,09 (+1,37%)
     
  • S&P500

    4.201,62
    +34,03 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    34.548,53
    +318,19 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.109,85
    +33,68 (+0,48%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.744,25
    +146,50 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3512
    -0,0154 (-0,24%)
     

Bolsa sobe 0,34% com destaque para Hering e otimismo no exterior

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Apesar de não conseguir sustentar os 121 mil pontos, a Bolsa de Valores brasileira encerrou a sessão desta quinta-feira (15) com alta e 0,34%, aos 120.700 pontos. O movimento veio na esteira do otimismo do mercado internacional, com os índices americanos registrando novas máximas históricas. Dados macroeconômicos e corporativos divulgados nesta quinta nos EUA também reforçaram a percepção de retomada da economia americana. No exterior, S&P, Dow Jones e Nasdaq subiram 1,11%, 0,90% e 1,31%, respectivamente. Por aqui, os investidores seguem atentos aos desdobramentos sobre a política fiscal, além do cenário político tenso e de crise sanitária persistente. No mercado doméstico, a Hering esteve entre as maiores altas do dia, com avanço de 28,13%, a R$ 21,91. As ações da companhia dispararam nesta quinta-feira (15) após a varejista de moda receber e recusar uma proposta de fusão feita pela fabricante de calçados e acessórios Arezzo. De acordo com detalhes apresentados pela Arezzo, a proposta de combinação de negócios contemplava a incorporação de ações da Hering, em uma relação de substituição de 0,1686 nova ação da Arezzo&Co para cada 1 ação da Hering, mais uma parcela em dinheiro de R$ 1,29 bilhão. A relação de troca equivale à atribuição de prêmio de 20% sobre o preço médio de fechamento ponderado por volume das ações da Hering na B3 no período de 90 dias de negociação até 7 de abril, data em que a proposta foi enviada a Fabio Hering, presidente da varejista, afirmou a Arezzo. Em sua negativa, a Hering disse que o conselho de administração, "com assessoria do BR Partners e Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados, decidiu por unanimidade (...) rejeitar a proposta, por considerar que ela não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia." No entanto, acrescentou que manterá seu plano estratégico de combinar construção de marcas e expansão, com a busca por crescimento orgânico, e análise de "oportunidades inorgânicas". Na esteira do maior apetite por risco ao redor do mundo, o dólar, por sua vez, encerrou em queda de 0,74%, a R$ 5,6270. A animação dos investidores em relação às perspectivas para a economia dos Estados Unidos, em meio a estímulos e aceleração da vacinação também pesou no desempenho da moeda. Na cesta de divisas emergentes, o real foi a quinta moeda que mais se valorizou no dia, perdendo apenas para o peso colombiano, o rand sul-africano, o peso chileno e a lira turca.