Bolsa de NY sobe forte com fim da corrida eleitoral

O mercado norte-americano de ações fechou em alta forte nesta terça-feira, com a chegada do dia da eleição presidencial dos Estados Unidos afastando algumas das incertezas que vêm preocupando os investidores.

As ações dos setores industrial e de energia estavam entre as que mais subiram, refletindo otimismo quanto à perspectiva da economia; ações consideradas defensivas, como as de telecomunicações, estavam entre as que caíram.

Traders disseram que um resultado claro das urnas deverá impulsionar o mercado de ações no curto prazo, independentemente de quem seja o vencedor (que só será definido em 17 de dezembro, na reunião do colégio eleitoral a ser formado a partir dos votos depositados nesta terça-feira pelos eleitores). "Sempre que um elemento de incerteza é removido, a volatilidade se reduz e o mercado tente a olhar para cima", disse Randy Frederick, diretor de operações com ações e derivativos da Charles Schwab.

Em média, o índice Dow Jones teve uma alta de 0,8% nos dias de eleição presidencial desde 1896; no dia seguinte, uma alta de 0,1%.

Das 30 componentes do Dow, apenas duas ações fecharam em baixa: Intel (-0,50%, depois de a Apple anunciar que buscará outros fornecedores para os chips dos computadores MacIntosh) e a AT&T (-0,09%). Entre os destaques positivos estavam Hewlett-Packard (+2,78%), Boeing (+2,29%) e United Technologies (+2,66%).

Entre as ações de empresas que divulgaram resultados do terceiro trimestre, os destaques foram a indústria de roupas e acessórios Fossil (-10,48%), o site de imobiliárias Zillow (-18,10%), a Office Depot (+19,12%), a AOL (+22,03%) e a DirecTV (-0,30%). As ações da News Corp., que divulgaria resultados depois do fechamento, subiram 1,42%.

O índice Dow Jones terminou com ganho de 133,24 pontos (1,02%), em 13.245,68 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 12,27 pontos (0,41%), para 3.011,93 pontos. O S&P-500 encerrou com valorização de 11,13 pontos (0,79%), aos 1.428,39 pontos. O NYSE Composite fechou em alta de 72,09 pontos (0,87%), em 8.312,35 pontos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...