Bolsa de NY segue commodities e fecha em queda

O mercado norte-americano de ações fechou em queda nesta sexta-feira, depois de baixas fortes dos preços das commodities equilibrarem a reação positiva do mercado ao informe sobre o número de postos de trabalho criados em outubro. Segundo a FactSet, o índice Dow Jones sofreu sua maior queda em um dia no qual os dados do emprego superaram as expectativas desde 6 de junho de 2008.

"Há um elemento de liquidação acontecendo, com os investidores ajustando posições antes do fim de semana e da eleição presidencial", disse o estrategista Andrew Wilkinson, da Miller, Tabak & Co.

Das 30 componentes do Dow Jones, apenas quatro ações fecharam em alta (Bank of America +1,16%, McDonald's +0,07%, Merck +0,13% e Disney +0,16%). Entre os destaques negativos foram Chevron (-2,77%), Caterpillar (-2,12%) e IBM (-1,89%).

As ações da Verizon Communications caíram 1,37%, depois de a empresa dizer que seu resultado do quarto trimestre sofrerá um impacto significativo por causa do furacão Sandy. Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques foram Priceline.com (+8,30%), Starbucks (+9,05%) e TripAdvisor (+19,42%).

O índice Dow Jones encerrou com perda de 139,46 pontos (1,05%), aos 13.093,16 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 37,93 pontos (1,26%), em 2.982,13 pontos; o S&P-500 terminou com desvalorização de 13,39 pontos (0,94%), a 1.414,20 pontos. O NYSE Composite fechou em queda de76,45 pontos (0,92%), em 8.234,91 pontos. Na semana, o Dow acumulou uma queda de 0,11%; o Nasdaq, uma baixa de 0,19%; e o S&P-500, uma alta de 0,16%. As informações são da Dow Jones.

Carregando...