Bolsa de NY cai com dado ruim e tensão no Oriente Médio

O mercado norte-americano de ações fechou em baixa, mas com os principais índices bastante acima das mínimas do dia. Os índices Dow Jones e Nasdaq fecharam em baixa pelo quarto dia consecutivo; no caso do S&P-500, foi o terceiro. O Dow fechou no nível mais baixo desde 2 de junho.

O mercado reagiu a indicadores fracos divulgados nos EUA e na Europa e ao noticiário sobre os ataques de Israel ao território palestino de Gaza. Nos EUA, o índice de atividade do Fed de Filadélfia ficou abaixo das previsões; na Europa, os dados do PIB da zona do euro no terceiro trimestre confirmaram que a região está em recessão.

Entre as componentes do Dow, o destaque negativo foi Wal-Mart, com queda de 3,63%, em reação a seu informe de resultados. Também divulgaram balanços a rede varejista Target (+1,72%) e a PetSmart (+3,96%). As ações da United Airlines caíram 2,35%, depois de um problema em seus computadores obrigar a empresa a suspender centenas de voos nos EUA.

O índice Dow Jones fechou em queda de 28,57 pontos (0,23%), em 12.542,38 pontos. O Nasdaq fechou perdeu 9,87 pontos (0,35%), em 2.836,94 pontos. O S&P-500 fechou em baixa de 2,17 pontos (0,16%), em 1.353,32 pontos. O NYSE Composite encerrou com declínio de 6,55 pontos (0,08%), em 7.896,88 pontos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...