Bolsa de NY abre em alta, antes de discurso de Obama

As Bolsas de Nova York abriram o pregão desta terça-feira em alta, antes de discursos do presidente norte-americano, Barack Obama, e de autoridades do Federal Reserve. Às 12h35 (de Brasília), o índice Dow Jones tinha leve alta de 0,07%.

Após o fechamento do mercado acionário em Wall Street, o presidente Obama fará seu discurso anual do Estado da União. Ele deve aproveitar o discurso para persuadir parlamentares a apoiarem a agenda de seu segundo mandato, que inclui questões como reformas na política de imigração, redução da violência com armas de fogo e aumento de impostos. O discurso é considerado um panorama das metas da Casa Branca para o ano.

"Os mercados querem ver se há qualquer coisa nova para a direção do país e a economia", afirmou o executivo-chefe da Sarhan Capital Adam Sarhan sobre o discurso. Além da fala de Obama, quatro dirigentes do Banco Central norte-americano tem discursos previstos para tarde desta terça-feira.

Na agenda de indicadores econômicos do dia, o índice de confiança das pequenas empresas dos EUA, medido pela Federação Nacional de Empresas Independentes (NFIB, na sigla em inglês), subiu para 88,9 em janeiro, de 88,0 em dezembro. Mesmo assim, o índice permaneceu perto do menor nível nos 38 anos de história dessa pesquisa. Os analistas eram de uma leitura de 89,5.

No cenário geopolítico, autoridades da Coreia do Norte anunciaram que o país realizou um teste nuclear, desencadeando duras críticas da comunidade internacional. As informações são da Dow Jones.

Carregando...