Bolsa de Nova York opera em leve alta, atento ao Fed

O mercado norte-americano de ações opera em leve alta, com os investidores pesando informes sobre dificuldades nas negociações sobre a questão fiscal contra a esperança de que o Federal Reserve anuncie novas medidas de estímulo à economia. As ações dos setores financeiro e de telecomunicações estão entre as maiores altas.

O foco dos investidores é o anúncio da decisão de política monetária do Fed, esperada para as 15h30 (de Brasília), seguida pela divulgação das novas projeções dos integrantes do Comitê de Mercado Aberto (Fomc) para a economia, às 17h (de Brasília), e por uma entrevista do presidente da instituição, Ben Bernanke, às 17h15 (de Brasília). A expectativa é de que o Fed anuncie um novo programa de compras de títulos do Tesouro dos EUA para substituir a Operação Twist, que termina no fim deste mês.

Um indicador de inflação foi divulgado na manhã desta quarta-feira nos EUA, o de preços das importações em novembro, que teve queda de 0,9%, no primeiro declínio em quatro meses; a baixa dos preços do petróleo contribuiu para a diminuição das pressões inflacionárias.

Os investidores também estão atentos às negociações em torno do chamado abismo fiscal - aumentos de impostos simultâneos a cortes de gastos públicos, que entrarão em vigor no começo de 2013 caso a Casa Branca e o Congresso não cheguem a um acordo antes disso. Na noite de terça, o presidente Barack Obama havia manifestado otimismo sobre as conversações com o Partido Republicano, de oposição, mas hoje o líder da maioria (republicana) na Câmara, deputado Eric Cantor, disse em uma reunião com correligionários que eles devem se preparar para ficar em Washington até o Natal, porque Obama estaria "se movendo lentamente para o abismo".

O líder da maioria (democrata) no Senado, Harry Reid, reconheceu que têm havido poucos progressos nas conversações e atribuiu a culpa aos republicanos, que se recusam a aceitar uma elevação do Imposto de Renda para os mais ricos.

"A sensação que eu tenho é a de que o mercado está vendo por meios da retórica política", disse Hank Smith, do Haverford Trust. Para ele, a decisão do Fed não deverá ter grande impacto no mercado de ações, mesmo que seja anunciado um novo programa de compras de bônus. Smith disse que os investidores verão qualquer nova medida do Fed como um "cobertor de segurança", para o caso de fracassarem as negociações sobre a questão fiscal, e não como uma nova iniciativa para estimular a economia.

Às 14h28 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 21 pontos (0,16%), para 13.269 pontos; o Nasdaq avançava 1 ponto (0,04%), para 3.023 pontos; o S&P-500 ganhava 3 pontos (0,23%), para 1.431 pontos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...