Bolsa de Madri amplia perdas por Rajoy e Bankia

A Bolsa de Madri ampliou a queda nesta sexta-feira, após o início do discurso do primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy. Em um pronunciamento para avaliar o primeiro ano de governo, ele defendeu as duras medidas de austeridade implementadas e afirmou não ter intenção de flexibilizar as metas fiscais para as comunidades autônomas do país.

Sobre a possibilidade de uma intervenção na Catalunha, que pretende fazer um referendo questionando os cidadãos sobre a independência da Espanha, Rajoy declarou que está disposto a conversar com o governador Artur Mas, porém deixou claro que fará cumprir a Constituição.

O mercado acionário espanhol também é pressionado pela queda das ações do Bankia, que despencavam 22,46% por volta das 11h55 (horário de Brasília), após o comitê consultivo da companhia que controla a Bolsa espanhola informar que a instituição deixará o índice Ibex 35 a partir de 2 de janeiro próximo. No mesmo horário, a Bolsa de Madri perdia 1,91%.

Carregando...