Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,45
    +0,53 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.838,40
    +2,30 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    56.442,58
    +647,27 (+1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.513,93
    +1.271,26 (+523,84%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.013,81
    -581,89 (-2,03%)
     
  • NIKKEI

    28.608,59
    -909,71 (-3,08%)
     
  • NASDAQ

    13.317,00
    -39,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3444
    +0,0042 (+0,07%)
     

Bolsa Família: governo gasta 29,5 bi por ano com 13,5 milhões de pessoas

Redação Finanças
The President of Brazil, Jair Bolsonaro attends the Official Opening of the Brazil 2019 Investment Forum at the WTC Events Center in Sao Paulo, Brazil on October 10, 2019. The event highlights the investment opportunities in strategic sectors of the Brazilian economy, such as infrastructure, energy, agribusiness, technology and innovation. (Photo by Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)
O benefício atualmente atende mais de 13,5 milhões de famílias em todo o Brasil (Foto por Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)

De acordo com o orçamento do Bolsa Família em 2019, o programa de transferência de renda custa R$ 29,5 bilhões por ano ao Governo Federal.

Criado pela Lei n° 10.836/04, de 2004, durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Bolsa Família é um programa de transferência de renda do Governo Federal para auxiliar as famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Quase metade dos beneficiados do Bolsa Família está no Nordeste

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o benefício atualmente atendeu em setembro de 2019 mais de 13,5 milhões de famílias em todo o Brasil. O Nordeste, com um pouco menos da metade do número total, é a região com o maior número de pessoas beneficiadas.

Para fazer parte do programa Bolsa Família, as famílias com renda mensal por pessoa de até R$ 89, ou de até R$ 178 se houver crianças ou adolescentes de até 17 anos na casa. A média do valor recebido é de R$ 188,63, segundo dados de agosto do governo.

Leia também

13º salário para participantes do Bolsa Família

Ainda em campanha, o presidente Jair Bolsonaro prometeu que pagaria um 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família. O compromisso foi reforçado quando o governo completou 100 dias, mas, com o bloqueio de verbas do Orçamento, ainda não se sabe de onde sairá o dinheiro para arcar com a despesa extra neste ano.

O valor, aprovado em junho, garante a execução dos pagamentos regulares do programa em 2019, mas não inclui o montante necessário para instituir um 13.º salário, estimado em ao menos R$ 2,5 bilhões.

2020 deve ter menos beneficiados

Em 2019, a média está na casa de R$ 187,40. Esse valor médio pode subir para R$ 189,68 mensais em 2020, a julgar pelos números do Projeto de Lei Orçamentária Anual 2020 (PLOA).

No entanto, a quantidade de famílias que – pela estimativa do governo – receberá o Bolsa Família em 2020 será inferior à deste ano por conta de uma revisão geral no cadastro.