Mercado abrirá em 2 h 35 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,58
    +1,09 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.776,00
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    42.308,63
    -941,03 (-2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.057,17
    -6,68 (-0,63%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.065,55
    +84,57 (+1,21%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.075,75
    +51,75 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1798
    +0,0007 (+0,01%)
     

BOLSA EUROPA-Ações avançam após dados, mas preocupações com vírus permanecem

·2 minuto de leitura
Pedestre caminha em frente à Bolsa de Valores de Milão

Por Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias terminaram com ganhos depois de caírem para o menor nível em uma semana nesta terça-feira, já que dados positivos da zona do euro ajudaram a aliviar preocupações sobre a desaceleração do crescimento econômico global em meio a um salto nos casos de Covid-19.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,16%, a 1.828 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,07%, a 474 pontos, depois de o índice ter marcado a mais longa série de ganhos em mais de uma década.

A repressão ao setor de internet da China, um lockdown nacional na Nova Zelândia e restrições a movimento em vários países asiáticos deixaram os investidores nervosos, ainda que as economias europeias tenham continuado a se recuperar das mínimas da pandemia.

O setor de viagens e lazer caiu 1,0%, com o TUI Group e a IAG, proprietária British Airways, liderando as perdas.

"As ações de viagens estão passando por outro dia de turbulência, com questões sobre regras para viagens servindo para destacar a incerteza à frente", escreveu em nota a clientes Joshua Mahony, analista sênior de mercado da IG.

Dados mostraram que a economia da zona do euro cresceu 2% no segundo trimestre, confirmando leitura preliminar, conforme o relaxamento de restrições ligadas ao coronavírus ajuda a atividade econômica após uma breve recessão.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,38%, a 7.181 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,02%, a 15.921 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,28%, a 6.819 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,85%, a 26.224 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,68%, a 8.865 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,46%, a 5.244 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos