Mercado abrirá em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,40
    +0,10 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.754,30
    +4,50 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    44.429,53
    +545,36 (+1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.110,16
    +1,24 (+0,11%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.471,81
    -39,17 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.284,00
    -19,50 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2232
    -0,0018 (-0,03%)
     

BOLSA EUROPA-Índice sobe com petróleo; farmacêutica sueca lidera ganhos

·2 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Sruthi Shankar e Ambar Warrick

(Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, com expectativas de melhora do crescimento econômico apoiando papéis de empresas do setor de petróleo, enquanto a farmacêutica Swedish Orphan Biovitrum (SOBI) teve o melhor desempenho no STOXX 600 depois de aceitar uma oferta de aquisição de 8 bilhões de dólares.

O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,3%, com as ações de petróleo em alta de 1,8%. Os preços da commodity aumentavam até 2,7% com o otimismo sobre a recuperação econômica, um declínio acentuado nos estoques do insumo nos EUA e um dólar mais fraco.

As ações da Swedish Orphan Biovitrum (SOBI) dispararam 25,8%, para o topo do STOXX 600, depois de a empresa concordar com uma aquisição pela firma de private equity norte-americana Advent International e pelo fundo soberano de Cingapura (GIC).

O índice que acompanha papéis de empresas de viagens e lazer aumentou 0,8%, recuperando-se de vendas recentes causadas por preocupações sobre a variante Delta do coronavírus, enquanto as montadoras ganharam 0,3%.

Mas a montadora alemã de carros de luxo Daimler caiu 0,6%, depois de alertar sobre vendas significativamente menores no terceiro trimestre em sua linha Mercedes devido à escassez global de semicondutores.

Os setores de bens e serviços industriais, químico e de construção e materiais --todos sensíveis às expectativas para a economia e que têm sido negociados perto de máximas históricas-- subiram entre 0,3% e 0,6%.

"Achamos as ações de valor bastante empolgantes; muitas das ações estão muito baratas", disse Aaron Barnfather, gestor de portfólio de ações europeias da Lazard Asset Management.

As ações de valor são vistas como as de maior potencial de recuperação à medida que a economia ganha tração após a pandemia do coronavírus, uma vez que durante a crise sofreram descontos e ficaram abaixo dos valores justos considerados, o que poderia ser revertido com a atividade em aceleração.

"Mas estamos bastante preocupados com o risco de que ações caras... fiquem muito vulneráveis ​​a qualquer mudança no ambiente, especialmente se virmos os rendimentos dos títulos começarem a subir", acrescentou Barnfather.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,20%, a 7.163,90 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,10%, a 15.840,59 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,07%, a 6.763,08 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,20%, a 26.233,38 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,11%, a 8.981,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,60%, a 5.505,55 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos