Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.820,50
    -2.618,87 (-2,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.533,02
    -774,69 (-1,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,75
    -1,22 (-1,70%)
     
  • OURO

    1.765,70
    +14,30 (+0,82%)
     
  • BTC-USD

    43.735,40
    -3.744,25 (-7,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.087,98
    -46,40 (-4,09%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.991,75
    -334,25 (-2,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2545
    +0,0551 (+0,89%)
     

BOLSA EUA-S&P 500 fecha em queda de mais de 1% após ata do Fed

·2 minuto de leitura
Operador trabalha na Bolsa de Nova York

Por Lewis Krauskopf e Devik Jain

(Reuters) - Os principais índices acionários de Wall Street recuaram nesta quarta-feira, com o S&P 500 cedendo mais de 1%, após a divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve mostrar que autoridades do banco central dos Estados Unidos consideraram que o patamar de desemprego para que o suporte à economia seja reduzido "pode ser atingido neste ano."

O mercado de ações acelerou perdas já no final da sessão, levando o S&P 500 a ficar cerca de 1,8% abaixo de sua máxima recorde de fechamento após o segundo dia consecutivo de quedas. Este foi o primeiro recuo diário de pelo menos 1% do índice desde 19 de julho.

A maioria dos setores do S&P 500 encerrou o dia em baixa, com o segmento de energia recuando 2,4% e os papéis de saúde cedendo 1,5%.

A ata da reunião do Fed ocorrida nos dias 27 e 28 de julho mostrou diferentes grupos preocupados com a inflação e com a necessidade de preparo para combatê-la, com outros afirmando que será preciso tempo --e paciência do Fed-- para colocar os norte-americanos de volta ao trabalho.

Investidores procuravam sinais sobre quando o banco central norte-americano irá desacelerar suas políticas de estímulos, incluindo a redução do programa de compras de títulos, que têm representado um suporte crucial ao mercado acionário -- o S&P 500 praticamente dobrou desde sua mínima de março de 2020.

"A ata do Fed não fez nada para dissipar a ideia de que o 'tapering' (redução gradual) terá início em breve", disse Peter Tuz, presidente do Chase Investment Counsel em Charlottesville, Virgínia. "Estamos mais próximos do fim do que do meio do 'tapering', e as pessoas não sabem como reagir a isso."

O índice Dow Jones caiu 1,08%, a 34.961 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 1,074846%, a 4.400 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,89%, a 14.526 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos