Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    48.623,77
    +993,74 (+2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

BOLSA EUA-S&P 500 recua por preocupação com variante Delta e desaceleração econômica

·2 minuto de leitura
Placa de Wall Street retratada em frente à Bolsa de Nova York

Por Echo Wang

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 encerrou esta segunda-feira em leve queda, após devolver ganhos apurados mais cedo na sessão, à medida que preocupações com a variante Delta do coronavírus e uma desaceleração da economia dos Estados Unidos ofuscaram o otimismo em torno de mais estímulos fiscais e da forte temporada de balanços do segundo trimestre.

O diretor do Federal Reserve Christopher Waller afirmou já no final da sessão que o banco central dos EUA pode começar a reduzir seu suporte à economia norte-americana a partir de outubro, caso os relatórios de empregos dos dois próximos meses mostrem aumentos de 800 mil a 1 milhão de vagas cada --como ele espera.

Ele também sugeriu que o Fed pode iniciar em setembro uma redução de suas compras mensais de títulos, em movimento que pode fazer com que os rendimentos voltem a subir --o que não é a melhor notícia para o mercado de ações.

Dados divulgados no início do dia mostraram que, embora o setor manufatureiro dos EUA tenha crescido em julho, o ritmo desacelerou pelo segundo mês consecutivo, com os gastos retornando ao setor de serviços e com a persistência da escassez de matérias-primas.

Os dados mais fracos do que o esperado levaram os rendimentos de títulos norte-americanos ao menor nível desde 20 de julho e derrubaram o índice de blue-chips Dow Jones de uma máxima intradia recorde atingida mais cedo na sessão.

"Um problema para o mercado é o aumento do temor com o crescimento", disse Rob Haworth, estrategista sênior de investimentos do U.S. Bank. "Seja a imposição de mais restrições na China, com as infecções aumentando em 14 províncias, sejam dúvidas sobre até onde os EUA precisarão ir com a obrigatoriedade do uso de máscaras."

O índice Dow Jones caiu 0,28%, a 34.838 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,184289%, a 4.387 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,06%, a 14.681 pontos.

(Reportagem adicional de Sagarika Jaisinghani, Sruthi Shankar e Shashank Nayar, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos