Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.925,52
    -673,01 (-1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,39
    -0,90 (-1,20%)
     
  • OURO

    1.737,10
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    41.804,92
    -714,80 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.032,01
    -25,14 (-2,38%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.318,84
    -181,55 (-0,74%)
     
  • NIKKEI

    29.366,75
    -817,21 (-2,71%)
     
  • NASDAQ

    14.832,25
    +67,50 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3443
    +0,0017 (+0,03%)
     

BOLSA EUA-Nasdaq fecha em máxima recorde após aprovação total de vacina nos EUA

·2 minuto de leitura
Placa de Wall St em Nova York

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários de Wall Street tiveram um rali nesta segunda-feira, com o Nasdaq atingindo uma nova máxima recorde de fechamento, apoiados pela aprovação total concedida pela FDA a uma vacina contra Covid-19 e em meio a expectativas pelo simpósio de Jackson Hole, que acontecerá nesta semana.

Os três principais índices de ações dos Estados Unidos terminaram a sessão em forte alta, embora já no final do dia o S&P 500 não tenha conseguido segurar o que também teria sido uma máxima recorde de fechamento.

A alta nos preços do petróleo, guiada por expectativas de crescimento da demanda, levou os papéis de energia à liderança do mercado nesta segunda.

"Este tem sido o script o tempo todo", disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities em Nova York. "Batemos novas máximas, retraímos, e então voltamos para a corrida mais uma vez."

"Isso me diz que os fundamentos estão no lugar", acrescentou Cardillo. "Há preocupações, mas é difícil manter este mercado em baixa."

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) concedeu aprovação total à vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Pfizer em conjunto com a BioNTech, em movimento que pode acelerar o processo de imunização no país.

"A aprovação total significa que muito provavelmente haverá mais obrigatoriedades de vacinação, mais empresas vão exigir que você receba a vacina para voltar ao escritório", disse Cardillo. "Eu não acho que isso fará com que todos os céticos se vacinem, mas a notícia de hoje provavelmente levará a taxa de vacinação para mais perto de 75%."

As ações de Pfizer e BioNTech avançaram 2,5% e 9,6%, respectivamente.

Os papéis da rival Moderna saltaram 7,5%.

O índice Dow Jones subiu 0,61%, a 35.336 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,852382%, a 4.480 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,55%, a 14.943 pontos.

(Reportagem adicional de Devik Jain, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos