Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,64
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.752,90
    -3,80 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    47.627,89
    -604,48 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.209,85
    -23,43 (-1,90%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.507,00
    -10,75 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2010
    +0,0050 (+0,08%)
     

BOLSA EUA-Ações de tecnologia levam Nasdaq a nova máxima recorde

·1 minuto de leitura
Fachada da bolsa de valores de Nova York, EUA

Por David French

(Reuters) - O índice Nasdaq encerrou esta quarta-feira em uma nova máxima recorde, enquanto o S&P 500 ficou a um triz de um novo pico, com um início de setembro marcado por compras de ações de tecnologia e dados de emprego no setor privado dos Estados Unidos que deram suporte a argumentos favoráveis à política monetária "dovish" no país.

O termo "dovish" se refere a uma abordagem menos conservadora acerca da inflação, o que poderia justificar estímulos monetários e juros baixos.

Os papéis de tecnologia, que tendem a se beneficiar de um ambiente de juros baixos, terminaram o dia em alta. Apple subiu 0,4%, atingindo seu segundo maior patamar de fechamento, enquanto Facebook, Amazon.com e Alphabet (controladora do Google) avançaram de 0,2% a 0,7%.

Os setores de serviços públicos e imobiliário, considerados defensivos, apresentaram os melhores desempenhos.

"Dado que haverá alguma volatilidade na recuperação econômica por causa da Covid, as pessoas vão buscar onde podem encontrar o melhor potencial de crescimento futuro", disse Chris Graff, codiretor de investimentos da RMB Capital.

Os principais índices de Wall Street atingiram máximas recordes recentemente, com o S&P 500 engatando sete meses consecutivos de alta, uma vez que investidores ignoraram riscos de um novo aumento nas infecções pelo coronavírus e apostaram na manutenção do tom "dovish" do Fed.

O índice Dow Jones caiu 0,14%, a 35.313 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,031176%, a 4.524 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,33%, a 15.309 pontos.

(Reportagem adicional de Shashank Nayar, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos