Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.750,60
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    43.349,46
    +644,16 (+1,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,84 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +0,25 (+0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2569
    +0,0319 (+0,51%)
     

BOLSA ÁSIA-Ações da China e Hong Kong despencam por restrições regulatórias

·2 minuto de leitura
Telão em Xangai mostra flutuações dos mercados acionários

Por Andrew Galbraith

XANGAI (Reuters) - As ações da China e de Hong Kong caíram com força nesta segunda-feira para o nível mais baixo do ano, uma vez que as preocupações de investidores com regulações do governo pressionaram os setores de educação, imobiliário e de tecnologia.

As vendas levaram a ações da Scholar Education Group, listada em Hong Kong, a despencar mais de 45%. As ações em Hong Kong da New Oriental Education & Technology Group Inc caíram mais de 47%. A empresa fornece serviços de tutoria e preparação para testes na China.

No mercado acionário da China, o Índice CSI de Educação terminou em baixa de 9,61%, no menor nível de fechamento em 16 meses.

As movimentações aconteceram depois do anúncio de Pequim na sexta-feira de novas regras que impedem tutoria para lucro, buscando aliviar a pressão financeira sobre as famílias. As mudanças também restringem o investimento estrangeiro no setor através de fusões e aquisições, entre outros.

O fim de semana também trouxe novas medidas regulatórias em nos setores de tecnologia e imobiliário, provocando vendas nesses setores na segunda-feira.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 3,22%, para o menor nível de fechamento desde dezembro, enquanto o índice de Xangai teve queda de 2,34%, em uma mínima de fechamento de mais de dois meses.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng index terminou no nível mais baixo desde 22 de dezembro de 2020, em queda de 4,13%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,04%, a 27.833 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 4,13%, a 26.192 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,34%, a 3.467 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 3,22%, a 4.925 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,91%, a 3.224 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,96%, a 17.403 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,57%, a 3.138 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 ficou estável, a 7.394 pontos.

(Reportagem de Andrew Galbraith)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos