Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.909,03
    -129,08 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.867,15
    +618,13 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,59
    -0,33 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.838,30
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    55.623,50
    -3.106,70 (-5,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.463,69
    -97,61 (-6,25%)
     
  • S&P500

    4.188,43
    -44,17 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    34.742,82
    -34,94 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.123,68
    -6,03 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    28.072,64
    -523,02 (-1,83%)
     
  • NIKKEI

    28.872,80
    -645,54 (-2,19%)
     
  • NASDAQ

    13.207,00
    -149,75 (-1,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3611
    +0,0209 (+0,33%)
     

Bolhas de ativos preocupam investidor de crédito mais que Covid

Alice Gledhill
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os preços elevados dos ativos são a maior preocupação entre investidores de crédito na Europa, tomando o primeiro lugar da Covid-19, de acordo com pesquisa do Bank of America publicada na quinta-feira.

Bolhas no crédito e em outras classes de ativos agora são o maior motivo de preocupação para 19% dos investidores de títulos de grau de investimento que participaram do levantamento. A proporção se compara aos 10% da pesquisa anterior publicada em fevereiro, quando o coronavírus e lentas campanhas de vacinação eram a maior preocupação.

“A pesquisa de abril traz uma mudança de paradigma”, escreveram estrategistas do Bank of America liderados por Barnaby Martin em relatório.

Em abril, também houve aumento das preocupações com sustentabilidade da dívida, em meio aos anúncios de reconstrução gigantesca e planos de gastos dos governos. Um recorde de 17% dos investidores de títulos de grau de investimento disse que esse fator é uma das principais preocupações, de acordo com a pesquisa. Quarenta por cento dos países agora têm níveis recordes de dívida soberana em relação ao PIB.

Seguradoras, fundos de pensão, gestores de ativos e fundos de hedge estavam entre os investidores entrevistados, com 67 participantes neste mês, de acordo com o Bank of America.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.