Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.783,00
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    66.011,42
    +1.722,50 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.341,00
    -36,50 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4537
    -0,0659 (-1,01%)
     

BofA oferece US$ 200 para funcionários da Merrill vacinados

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Bank of America está oferecendo bônus de US$ 200 para funcionários da unidade Merrill Lynch Wealth Management que voltarem ao escritório com comprovante de imunização completa contra a Covid-19.

Most Read from Bloomberg

A empresa concederá o prêmio às equipes de atendimento a clientes, suporte administrativo e de operações “em reconhecimento ao importante trabalho que estão fazendo enquanto a empresa retorna ao escritório”, disse um porta-voz da Merrill em comunicado à Bloomberg News.

Embora a nova política não seja um mandato como as medidas implementadas pela United Airlines e Microsoft, o Bank of America segue os passos de outras empresas nos EUA ao oferecer incentivos financeiros para que os funcionários se vacinem. A Delta Air Lines está descontando US$ 200 mensais de empregados não vacinados.

No Bank of America, funcionários elegíveis podem informar voluntariamente sua condição por meio de uma “ferramenta de status de vacinação confidencial” da Merrill Lynch, disse Andy Sieg, presidente da Merrill Lynch Wealth Management, em memorando para funcionários visto pela Bloomberg. O incentivo financeiro foi informado anteriormente pelo AdvisorHub.

Muitas empresas de Wall Street têm reformulado seus planos de volta ao escritório devido a preocupações com a variante delta, adiando datas de retorno ou exigindo a vacinação da equipe.

Os funcionários da Merrill devem trabalhar no escritório no mínimo oito vezes entre o início de outubro e meados de novembro para ter direito ao pagamento, de acordo com pessoas a par dos planos. Mais de 80% dos cerca de 25 mil funcionários da Merrill informaram seu status de vacinação e retornaram ou estão voltando ao escritório, disse o porta-voz.

O Bank of America incentivou funcionários vacinados em todas as áreas de de negócio a retornarem ao escritório após o feriado do Labor Day nos EUA mês passado. Por enquanto, apenas funcionários que confirmaram a vacinação estão voltando.

“Embora não haja mandato de vacinação em toda a empresa, recomendamos que os funcionários sejam vacinados e nos notifiquem sobre seu status”, disse o porta-voz. “Continuamos a informar nossos funcionários sobre as diretrizes de saúde e segurança de especialistas médicos e profissionais de saúde e a incentivá-los a se vacinarem para a segurança de si próprios e de outras pessoas, incluindo nossos clientes.”

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos