Mercado fechado

BOE planeja abordar questões climáticas em compras de títulos

Jill Ward

(Bloomberg) -- O Banco da Inglaterra não incorporou impactos climáticos em sua compra de títulos, mas fará um esforço para fazê-lo no futuro, segundo o presidente da instituição, Andrew Bailey.

Reconhecendo que muitas pessoas entraram em contato com o BOE sobre o impacto ambiental da política monetária do banco central, Bailey disse em comunicado que a instituição ainda está comprometida com o combate à mudança climática e com uma meta zero de emissões líquidas.

“Em uma emergência tão grave que afeta este país, focamos na prioridade imediata de apoiar empregos e meios de subsistência das pessoas”, disse Bailey. “Quando a pressão sobre nossos recursos diminuir, abordaremos questões importantes, como a referência para nosso portfólio de títulos corporativos.”

O banco central expandiu seu programa de flexibilização quantitativa como parte da resposta à pandemia. Relatório publicado no mês passado mostrou que as posições corporativas do BOE - que compõem uma parte relativamente pequena do portfólio - são consistentes com um aumento da temperatura de 3,5 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais até 2100.

Isso está “materialmente acima das metas do Acordo de Paris” e reflete que “será necessária toda uma transição econômica para que os objetivos climáticos acordados internacionalmente sejam cumpridos”, afirmou o relatório.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.