Mercado abrirá em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,87
    -0,24 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.776,10
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.425,91
    -438,48 (-1,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,24
    -15,58 (-2,72%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.501,55
    -14,20 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    19.708,46
    -213,99 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.446,25
    -47,00 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

BOE faz maior alta de juros desde 1995 e vê recessão longa

(Bloomberg) -- O Banco da Inglaterra implementou sua maior alta de juros em 27 anos e alertou que o Reino Unido caminha para mais de um ano de recessão sob o peso de uma inflação crescente.

O aumento de meio ponto percentual para 1,75% foi apoiado por oito dos nove formuladores de política monetária do banco, que também mantiveram a promessa de agir com força novamente no futuro, se necessário, o que coloca aumentos semelhantes na mesa para as próximas reuniões.

As autoridades previram que uma recessão no Reino Unido começará no quarto trimestre e perdurará por todo o próximo ano, o que seria a contração mais longa desde a crise financeira. A previsão é que a economia encolha cerca de 2,1% no total.

O BOE também elevou sua previsão para o pico da inflação para 13,3% em outubro em meio a um aumento nos preços do gás, e alertou que as altas de preços permanecerão elevadas ao longo de 2023. Isso agravará uma crise de custo de vida que fará com que a renda real caia mais do que em qualquer outro momento em cerca de 60 anos.

Mesmo depois de bilhões de libras de apoio do governo para famílias em dificuldades, a renda real dessas famílias deve ficar cerca de 5% até o final de 2023, com queda tanto neste ano quanto no próximo.

A alta de meio ponto, sem precedentes desde que o BOE conquistou independência em 1997, é um sinal de que a autoridade monetária põe um fim à era do dinheiro barato e luta para acompanhar uma onda de aperto global.

As previsões do BOE, baseadas em contas médias de energia aumentando em 75% para cerca de £ 3.500 em outubro, também destacam a escala do desafio que aguarda o vencedor da corrida para substituir Boris Johnson como primeiro-ministro do Reino Unido.

As pressões inflacionárias “se intensificaram significativamente”, disse o BOE. “O último aumento nos preços do gás levou a outra deterioração significativa nas perspectivas de atividade no Reino Unido.”

Juntamente com a decisão, o BOE também apresentou seus planos para reduzir sua enorme carteira de títulos públicos que acumulou durante a crise.

As vendas ativas, as primeiras realizadas por um grande banco central, provavelmente começarão após uma votação em setembro e ficarão na faixa de cerca de £ 10 bilhões por trimestre. Incluindo resgates, o BOE estima que seu estoque de títulos cairá em cerca de £ 80 bilhões no primeiro ano do programa.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos