Mercado abrirá em 5 h 51 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,84
    -0,21 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.689,70
    +11,70 (+0,70%)
     
  • BTC-USD

    53.597,86
    +2.662,23 (+5,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.079,75
    +55,54 (+5,42%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.570,67
    +29,84 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.387,50
    +90,25 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9718
    +0,0120 (+0,17%)
     

Boca de urna aponta vitória do atual presidente de Portugal

·1 minuto de leitura
Portuguese President and centre-right presidential candidate Marcelo Rebelo de Sousa casts his ballot for the Portuguese presidential election at a polling station in Celorico de Basto on January 24, 2021. - Portugal is voting despite the country's pandemic lockdown in a presidential election widely expected to see centre-right incumbent Marcelo Rebelo de Sousa win another term. (Photo by MIGUEL RIOPA / AFP) (Photo by MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images)
Rebelo de Sousa, presidente de Portugal. Foto: Getty Images

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O conservador Marcelo Rebelo de Sousa, 72, foi reeleito como presidente Portugal na eleições realizada neste domingo (24), e em primeiro turno, aponta os resultados de pesquisa de boca-de-urna. A ex-deputada socialista Ana Gomes ficou em segundo lugar, seguida pelo candidato da extrema-direita André Ventura.

Rebelo teria recebido entre 55,5% e 60% dos votos. Ana Gomes teria conseguido entre 12,2% e 17,1%, e o candidato e extrema-direita, André Ventura, entre 9% e 14,1%, segundo projeções.

Leia também

Os resultados oficiais devem ser anunciados nas próximas horas deste domingo (24).

Ainda de acordo com as projeções, o índice de abstenção ficou entre 50% e 60%, contra o recorde de 53,5% em 2011, quando o antecessor de Rebelo de Sousa foi reeleito.

Devido aos casos crescentes de Covid-19 no país, os analistas temiam uma abstenção maior, de até 70%, já que os 10 milhões de habitantes foram submetidos a um confinamento por dez dias.

Atualmente, Portugal registrou quase 1.500 mortes pelo coronavírus, com 85 mil casos.