Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,75
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.784,70
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.630,84
    -2.789,24 (-7,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    785,85
    -64,49 (-7,58%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.368,98
    -120,02 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.693,48
    +682,55 (+2,44%)
     
  • NASDAQ

    14.136,75
    +6,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9762
    +0,0009 (+0,02%)
     

BNDESPar tem lucro de R$ 1,075 bilhão no 3º trimestre

O braço de investimentos em participações do BNDES teve uma alta de 3,4% em relação ao mesmo período do ano passado A BNDESPar, braço de investimentos em participações do BNDES, registrou lucro líquido de R$ 1,075 bilhão no terceiro trimestre, uma alta de 3,4% na comparação com o mesmo período do ano passado. As receitas financeiras subiram 3,4%, a R$ 664,662 milhões. Leo Pinheiro/Valor Já a receita de equivalência patrimonial avançou 0,7%, a R$ 672,554 milhões. As receitas de venda de bens e serviços caíram 70,6%, a R$ 230,392 milhões. As despesas gerais e administrativas recuaram 25,5%, a R$ 252,200 milhões. A BNDESPar informou que seu retorno sobre os ativos, ajustado pelas alienações, ficou em 7,60% no terceiro trimestre, de 10,11% no mesmo período do ano passado. “O resultado com participações societárias no terceiro trimestre foi um lucro de R$ 851 milhões que, acrescido do resultado com alienações de instrumentos financeiros de R$ 271 milhões, totalizou R$ 1,122 bilhão, representando uma queda de 33,7% diante do resultado do terceiro trimestre do exercício anterior. Esse movimento é explicado sobretudo pela redução da receita com dividendos e juros sobre capital próprio e do resultado bruto com alienações de ações e amortizações de cotas de fundos”, diz a BNDESPar. No terceiro trimestre, a alienação mais relevante foi a venda total da participação na empresa TOTVS. Segundo a BNDESPar, ao fim de setembro o valor contábil das participações societárias em não coligadas, representado pelo valor justo, superava o custo de aquisição em 75,6% (R$ 27,355 bilhões). A carteira de investimentos da BNDESPar compreendia títulos de emissão de 111 empresas (incluindo ações em 82) e de 43 fundos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos