Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -658,25 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,52 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,07 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,80 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    13.032,03
    +14,50 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,13 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,29 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +5,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6630
    +0,0529 (+0,80%)
     

BNDES pede que JBS convoque assembleia para avaliar ações de responsabilidade sobre atos ilícitos

Por Carolina Mandl
·1 minuto de leitura

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social está pedindo a outros acionistas da JBS que apoiem ​​a instauração uma ação de responsabilidade contra executivos e acionistas controladores do frigorífico por perdas que eles potencialmente causaram à empresa, de acordo com fato relevante da companhia na quarta-feira. O BNDES, que detém 21,32% do capital do frigorífico, pediu em 21 de setembro à companhia que convoque uma assembleia de acionistas para discutir o assunto. O banco afirmou em carta enviada à JBS que pretende discutir na assembleia acordos de delação e leniência firmados pelo acionista controlador da J&F Investimentos em 2017, nos quais os seus fundadores Joesley e Wesley Batista admitiram pagamento de vantagens ilegais a agentes públicos, lavagem de dinheiro por meio da emissão de notas fiscais frias e doações ilegais a campanhas eleitorais utilizando-se recursos da companhia. O BNDES disse que o acordo judicial revelou irregularidades que causaram prejuízos à JBS. Em 6 de setembro, a JBS informou em fato relevante que fazia parte do acordo de leniência firmado pela J&F.

Agora, o BNDES disse que planeja discutir com os acionistas da JBS uma possível ação legal para que os executivos e acionistas controladores do frigorífico assumam a responsabilidade pelos prejuízos.

Procurados pela Reuters, a J&F e representantes dos irmãos Batista não comentaram de imediato.