Mercado fechado

BNDES leva a leilão navios de apoio da Brasil Suply para ressarcir empréstimo

Denise Luna

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) publicou edital para venda em leilão de duas embarcações da Brasil Suply, prestadora de serviços do setor de petróleo e gás natural, que em 2013 assinou contrato com a Petrobras para fornecer 17 navios de apoio a plataformas. A empresa entrou em recuperação judicial em fevereiro de 2017, com mais de R$ 800 milhões em dívidas.

As duas embarcações são do tipo Fast Supply Vessel - FSV, de apoio à operação de plataformas de petróleo, e foram apreendidas como garantia de operações de empréstimo feito pelo banco. Os navios iriam apoiar a produção do pré-sal.

De acordo com edital publicado nesta terça-feira, 17, será oferecido em leilão um lote único com as duas embarcações, pelo valor mínimo de R$ 50,5 milhões. Se o primeiro lote não for vendido será desmembrado e feitas as vendas individuais. Nesse caso, a BS Iporanga será vendida por R$ 25,1 milhões e a BS Ubatuba por R$ 25,4 milhões. A previsão é de que o leilão ocorra no segundo dia do ano.

A Brasil Suply, assim como outras prestadoras de serviço do setor de petróleo e gás, sofreu o impacto da queda do preço do petróleo no mercado internacional aliada ao forte programa de desinvestimentos da Petrobras decorrente da Operação Lava Jato. Além disso, estaleiros contratados pela empresa para realizar a construção dos navios também entraram em recuperação judicial, comprometendo o prazo de entrega das unidades.