Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.701,55
    +2.119,68 (+3,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

BNDES inicia operação como garantidor de CRA

·1 minuto de leitura
Gustavo Montezano, presidente do BNDES, ao lado da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, durante cerimônia em Brasília (DF)

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira o início de sua atuação como garantidor de operações de Crédito de Recebíveis do Agronegócio (CRA), para aumentar as fontes de crédito aos produtores rurais, inclusive na renegociação de dívidas.

O Ministério da Agricultura disse em nota que no CRA Garantido, como está sendo chamado, a entrada do BNDES gera concorrência no mercado, reduzindo os riscos da operação e, consequentemente, as taxas de juros aos produtores.

O projeto piloto desta nova modalidade está sendo realizado pela Cotrijal Cooperativa Agropecuária, com uma emissão no valor de 29 milhões de reais. Do total, a garantia do banco entra em uma parcela de 17,4 milhões.

"Esta é a primeira operação em que o BNDES atua como garantidor. Esse instrumento de garantia, ainda pouco explorado no Brasil, vai nos permitir apoiar pequenos e médios empreendedores, não só no setor da agropecuária, mas nas mais diversas indústrias Brasil afora", disse no comunicado o presidente do banco, Gustavo Montezano.

O incentivo a mecanismos de financiamento privado, via mercado de capitais, com investimento estrangeiro no agronegócio brasileiro foi intensificado pela Nova Lei do Agro (Lei 13.986/2020), em vigor há pouco mais de um ano, ressaltou a nota do ministério.

(Por Nayara Figueiredo)