Mercado abrirá em 5 h 25 min

BNDES aprova empréstimo de R$ 95 milhões para PCH em Mato Grosso

Vinicius Neder

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou empréstimo de R$ 95 milhões para as obras da pequena central hidrelétrica (PCH) Nova Guaporé, pertencente ao Grupo Polimix. A PCH terá 14 megawatts (MW) de capacidade instalada, nos municípios de Pontes e Lacerda e do Vale de São Domingos, em Mato Grosso.

O investimento total no empreendimento será de R$ 126,5 milhões - o financiamento do BNDES responderá por 75% dos aportes.

A construção da PCH Nova Guaporé vai gerar energia para mais de 40 mil domicílios e criar, durante a fase de construção, 150 empregos diretos e outros 200 indiretos, informou o BNDES, em nota divulgada há pouco.

O Grupo Polimix já possui um empréstimo de R$ 72 milhões com o BNDES, para implementação da PCH Lajari, contratada em janeiro de 2017, "além de outras operações indiretas automáticas".

"A PCH Nova Guaporé está em conformidade com o Plano Nacional de Energia e o Plano Decenal da Empresa de Pesquisa Energética, por ser a geração de energia hidráulica renovável e fundamental para a segurança energética. O projeto vai poupar o meio ambiente de 208 mil toneladas de gás carbônico, o que equivale à emissão anual de 10 mil viagens de avião", diz a nota do BNDES.