Mercado fechado

BNDES aprova devolução antecipada de mais R$ 30 bilhões ao Tesouro

A expectativa é que o pagamento ocorra ainda no mês de novembro O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou na última segunda-feira que antecipará o pagamento de mais R$ 30 bilhões de empréstimos da União. Em nota, o banco de fomento ressalta que a medida atende a uma das metas anunciadas pelo presidente Gustavo Montezano em sua posse, no dia 16 de julho. Segundo o BNDES, a expectativa é que o pagamento ocorra ainda no mês de novembro, assim que os trâmites regulares sejam atendidos.

Leo Pinheiro/Valor

Com esse pré-pagamento, o BNDES já terá devolvido à União, este ano, R$ 123 bilhões, atendendo à meta acordada com o governo prevista para 2019. No comunicado, a instituição financeira frisa que o serviço contratual antes das liquidações antecipadas era estimado em R$ 26 bilhões. Com a amortização antecipada, tanto o serviço de amortização quanto de juros foram reduzidos em cerca de R$ 3 bilhões.

"A liquidação de R$ 30 bilhões segue decisão aprovada pela diretoria do banco de fomento em 31 de outubro e pelo Conselho de Administração em 4 de novembro, adotando os mesmos procedimentos em todas as operações de pré-pagamento, desde dezembro de 2015”, diz a nota divulgada pelo BNDES, acrescentando que o valor devolvido ao Tesouro não comprometerá os desembolsos programados pelo banco em suas operações de financiamento.