BNDES anuncia condições para financiamento do Trem de Alta Velocidade

Rio de Janeiro, 18 jan (EFE).- O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta sexta-feira as novas condições de financiamento para a implantação do Trem de Alta Velocidade (TAV Brasil), após as mudanças no modelo de licitação do projeto.

Para a primeira etapa de licitação, com entrega de propostas marcada para 13 de agosto deste ano, o empréstimo está limitado a R$ 5,3 bilhões na data-base de dezembro de 2008, corrigidos pelo IPCA.

O trem terá 511 quilômetros de extensão e ligará Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. O valor total da obra foi avaliado em R$ 35 bilhões pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

As condições financeiras incluem Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), atualmente em 5% ao ano, mais 1% ao ano. A licitação da obra, que já sofreu vários atrasos, foi dividida em dois períodos. O primeiro contempla a implantação da sinalização, eletrificação, material rodante e a operação do sistema.

Entre os interessados em participar da licitação se encontram consórcios da Espanha, França, Alemanha, Japão e Coreia do Sul. EFE

Carregando...