Mercado fechado

BMW X5 M50i inicia pré-venda nacional no Facebook por R$ 628.950

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
BMW X5 M50i 2020

Versão topo de linha do SUV será entregue aos clientes em agosto, com motor 4.4 V8 de 530 cv

A BMW abriu um canal de vendas no Facebook e, para começar em grande estilo, a loja virtual estreia com o BMW X5 M50i em seu início de comercialização no Brasil. Trata-se da versão mais potente do SUV, sem contar o X5M, equipado com um motor 4.4 V8 biturbo de 530 cv. Ele custará R$ 628.950 e já está em pré-venda pela plataforma, com entregas marcadas para agosto.

O BMW X5 M50i é o topo da linha normal do X5. Ele utiliza o mesmo 4.4 V8 biturbo que a variante xDrive50i, mas com uma preparação que eleva sua potência de 462 cv para 530 cv, enquanto o torque sobe de 66,3 kgfm para 76,4 kgfm. A diferença aparece na aceleração, precisando de apenas 4,3 segundos para chegar a 100 km/h, 0,4 s menos que o xDrive50i. A transmissão é a automática de 8 marchas, passando a força para as quatro rodas (tração integral xDrive).

Pelo seu posicionamento, o X5 M50i vem com o máximo de equipamentos possível para o modelo. Traz a central multimídia da BMW com reconhecimento de voz e controle por gestos, além de contar com um assistente pessoal que permite mexer em alguns equipamentos pela voz, como a temperatura do ar-condicionado. Conta também com controle de cruzeiro adaptativo, faróis a laser, sistema de som Bower & Wilkins, assistente de estacionamento, visão noturna e mais.

Mais novidades da BMW

Até a chegada do X5 M de nova geração, esta versão será o topo da linha do crossover no Brasil. Até então, este era o papel do xDrive45e, variante híbrida plug-in do SUV, comercializada por R$ 455.950. Como o X5 M foi revelado em outubro passado, deve levar mais alguns meses para desembarcar por aqui, devendo passar dos R$ 700 mil.

A loja virtual da BMW no Facebook é a terceira iniciativa da marca alemã para vender carros pela internet. A fabricante já fez uma página especial no Mercado Livre (que está oferecendo só usados neste primeiro momento) e um atendimento via Instagram. Segundo a empresa, ao fazer o pedido pela rede social, os contatos são enviados para a rede de concessionários, que fará o restante da negociação do carro.

Fotos: divulgação