Mercado fechado

BMW Série 2 Gran Coupé chegará ao Brasil em 2020 como sub-Série 3

feedback@motor1.com (Dyogo Fagundes)
BMW Série 2 Gran Coupé - Los Angeles

Sedã de tração dianteira brigará com Classe A Sedan e Audi A3 Sedan

Apresentado ao público da Europa em meados de outubro, o BMW Série 2 Gran Coupé desembarca agora na América do Norte. Atração de destaque da marca no Salão de Los Angeles, o sedã deriva da nova geração do Série 1 e, portanto, adota a mesma plataforma de tração dianteira (ou integral, nas versões mais caras). Sob o capô, adota unicamente motores turbinados com potências que variam de 140 cv a 306 cv. A chegada ao Brasil está prevista para 2020 e, assim como no exterior, a missão será rivalizar diretamente com Mercedes-Benz Classe A Sedan e Audi A3 Sedan. Preços serão divulgados em data próxima ao lançamento.

Ao todo, o Série 2 Gran Coupé mede 4,52 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,42 m de altura e 2,67 m de distância entre-eixos. Se por um lado a arquitetura de tração dianteira tira um pouco do charme de um BMW, por outro traz a vantagem do espaço interno ampliado, incluindo porta-malas com 430 litros e ausência do protuberante túnel central.

A gama de versões, dependendo do mercado, será composta pelas configurações 218i (motor 1.5 turbo de 140 cv, M235i (2.0 turbo com 306 cv e tração integral) e 220d (2.0 turbodiesel de 190 cv). No primeiro caso, a BMW promete consumo de 20 km/litro, enquanto na opção mais potente o rendimento cai para 14,9 km/litro. O câmbio pode ser manual de 6 marchas ou de dupla embreagem com 7 relações nas versões 218i e 220d e automático de 8 marchas no M235i.

Leia também:

Entre os equipamentos, destaque para painel de instrumentos completamente digital e sistema multimídia com comandos por gestos e assistentes de condução, como o Intelligent Personal Assistant que controla diversos sistemas do carro e é capaz até de conversar com o motorista.

Fotos: Daniel Messeder