Mercado abrirá em 5 h 54 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,14
    +0,74 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.808,40
    -10,50 (-0,58%)
     
  • BTC-USD

    29.749,55
    -726,46 (-2,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    668,28
    +425,60 (+175,38%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    20.595,01
    -7,51 (-0,04%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    12.511,50
    -48,75 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1983
    -0,0121 (-0,23%)
     

Blue Origin vai levar dois professores de escolas públicas de NY ao espaço

Dois professores de escolas públicas de Nova York terão a rara oportunidade de ir ao espaço, graças à Blue Origin. As vagas foram sorteadas durante um leilão realizado nesta terça-feira (10) pela Robin Hood, uma instituição dedicada a combater a pobreza na cidade norte-americana — e todo valor arrecadado no evento será destinado ao projeto.

Anualmente a Robin Hood realiza um leilão para levantar fundos para seu trabalho. Durante o evento, o projeto recebeu uma doação de US$ 10 milhões da Bezos Family Foundation, US$ 25 milhões da 776 Foundation e um compromisso de investimento de US$ 50 milhões do governo de Nova York.

A fundação Bezos Family é liderado pela família de Jeff Bezos, dono da Blue Origin, e além do valor em dinheiro ofertado, o lance incluía uma cadeira a bordo da nave New Shepard. A vaga para o voo suborbital foi anunciada por Mark Bezos, que voou à fronteira do espaço com o irmão no ano passado.

O assento foi sorteado como um “compre um, doe outro”, então o vencedor Ken Griffin, CEO e fundador do Citadel, teria o direito a mais outro. Griffin renunciou a sua viagem para que as duas vagas fossem destinadas a dois professores de Nova York em reconhecimento ao compromisso com o ensino público.

Por enquanto, não há informações sobre quem são esses professores, quando será o voo suborbital ou se eles decolarão juntos. De todo modo, é interessante que profissionais dedicados ao ensino de jovens alunos alcancem a fronteira do espaço, inspirando uma nova geração de entusiastas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos