Mercado abrirá em 5 h 27 min
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,72
    +0,52 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.767,70
    +4,00 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    16.865,64
    +406,20 (+2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,79
    +12,06 (+3,10%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.249,72
    +45,04 (+0,25%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.538,25
    +13,50 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4675
    +0,0109 (+0,20%)
     

Bloqueios permanecem em ao menos 3 estados, mas caem no PA e em RO; acompanhe

***ARQUIVO***BARRA MANSA, RJ, 31.10.2022 - Caminhoneiros bolsonaristas bloqueiam um trecho da BR-116, na altura de Barra Mansa (RJ). (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***BARRA MANSA, RJ, 31.10.2022 - Caminhoneiros bolsonaristas bloqueiam um trecho da BR-116, na altura de Barra Mansa (RJ). (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As rodovias no país seguem sem bloqueios totais na manhã desta sexta-feira (4). Na noite desta quinta-feira (3), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) divulgou que nenhuma estrada estava com o fluxo completamente interrompido pela primeira vez desde o início das manifestações golpistas, na segunda-feira (31).

Mato Grosso, Pará e Rondônia seguem com bloqueios parciais, de acordo com as PRFs dos estados. A PRF nacional indica bloqueios ainda no Mato Grosso do Sul e no Amazonas.

Segundo a corporação, ainda há 15 pontos de protesto, e 954 manifestações foram desmobilizadas.

Desde a noite de quinta, caiu o número de bloqueios no Pará e em Rondônia. No primeiro estado, eram 6 bloqueios, e na manha desta sexta são quatro. Em Rondônia, eram oito e agora são dois.

Mato Grosso ainda tem 7 interdições. O estado liderou o número de interdições ao longo desses cinco dias de protesto ao lado de Santa Catarina, que zerou as manifestações nesta quinta. No estado de São Paulo, de acordo com concessionárias e PRF, não há mais pontos de protesto.

Os manifestantes bolsonaristas não aceitam o resultado das eleições que deram vitória a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e pedem uma intervenção militar.

Na noite de quarta, o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou um vídeo em suas redes sociais em que pede a seus apoiadores para liberarem as rodovias que estão obstruídas.

"Quero fazer um apelo a você: desobstrua as rodovias, isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas. Não vamos perder, nós aqui, essa nossa legitimidade", afirma. "Proteste de outra forma, em outros locais, que isso é muito bem-vindo, faz parte da nossa democracia."