Mercado fechará em 3 h 17 min

Bloqueios continuam na região de Campinas, mas algumas vias são liberadas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os bloqueios das rodovias na região de Campinas, no interior de São Paulo, causados por manifestações golpistas continuam nesta quarta-feira (2), mas com algumas alterações.

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), na altura do km 107, em Hortolândia, por exemplo, foi desocupada no final desta manhã.

A Rodovia Zeferino Vaz (SP-332), em Paulínia, que ontem teve uma faixa interditada, teve o fluxo liberado para os veículos. A entrega de combustíveis na Replan, a maior refinaria do Brasil, não tem impacto, segundo a Petrobras.

O trecho no km 156 da Rodovia Governador Adhemar de Barros (SP-340), a Campinas-Mogi, que estava bloqueado, foi liberado para veículos, ambulâncias e ônibus pelo acostamento, mas os caminhões continuam parados nas faixas de rodagem, informa a concessionária Renovias, que administra a via.

Os km 99 e 104 da Rodovia Anhanguera (SP-330), em Campinas, foram liberados após intervenção da Polícia Militar, mas a via tem interdição, em Americana, no km 120, de acordo com a concessionária CCR Autoban.

Até esta tarde, os bloqueios continuavam na Rodovia Santos Dumont (SP-075), em Indaiatuba, no km 47; no km 164 da Rodovia Vereador Antônio Cazalini (SP-352), em Itapira; no km 152 da Rodovia Zeferino Vaz (SP-332), em Artur Nogueira; no km 156 da Rodovia Governador Adhemar de Barros (SP-340), em Mogi Mirim; no km 120 da Rodovia Anhanguera (SP-330), em Americana; na Rodovia Cap. Bardoíno (SP-008), em Socorro e na Rodovia Cornélio Pires (SP-127), em Sumaré.