Mercado fechará em 5 h 50 min
  • BOVESPA

    112.235,27
    -1.559,01 (-1,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.855,70
    -336,63 (-0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,35
    -1,26 (-1,74%)
     
  • OURO

    1.751,30
    -5,40 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    47.351,26
    -223,52 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.204,03
    -21,51 (-1,75%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    -24,77 (-0,55%)
     
  • DOW JONES

    34.627,68
    -123,64 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.005,62
    -21,86 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2721
    +0,0873 (+1,41%)
     

Bloqueio de caminhoneiros nas estradas pode levar a descarte de leite, diz indústria

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma imagem que ficou marcada como um dos símbolos da paralisação de caminhoneiros de 2018, o derramamento de litros e litros de leite pode voltar a acontecer nesta semana.

Segundo a Abia (associação da indústria de alimentos), os bloqueios de caminhoneiros nas estradas, que aconteceram após os protestos governistas de terça (7), podem levar os produtores de leite a descartar produto que ficou parado pela impossibilidade de transporte.

A associação ainda prevê possibilidade de desabastecimento.

A Abia afirma que a captação diária é de 500 mil litros e o produto não pode ser estocado por mais de 24 horas devido ao risco de perda.

Uma indústria de Minas Gerais diz que há risco iminente de paralisação das atividades, porque quatro caminhões com latas, usadas em produtos para lactentes, estão parados em um dos pontos de manifestação dos motoristas, segundo a Abia. A fábrica pode fechar as portas caso a matéria-prima não chegue ao local até o começo da tarde desta quinta (9).

O número de protestos foi reduzido desde a noite passada, porém ainda há registros em cinco estados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos