Mercado fechado

PF prende blogueiro bolsonarista defensor da ditadura militar e crítico do STF

Blogueiro Oswaldo Eustáquio é preso no MS - Foto: Reprodução/Youtube

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (26) o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio, investigado no inquérito que apura organização e divulgação de atos antidemocráticos, por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Conhecido por ser crítico de integrantes da Corte e do Congresso Nacional, Eustáquio, conhecido por negar a existência da golpe militar no Brasil, foi preso em Campo Grande (MS). A PF monitorava o blogueiro por suspeita de possível fuga do país, já que ele costumava transitar próximo à fronteira com o Paraguai.

Leia também

Ele já havia sido alvo de busca e apreensão solicitada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), ação realizada no último dia 15.

Durante a investigação, a PGR argumentou ao Supremo que Eustáquio defendeu uma "ruptura institucional de maneira oblíqua". Nas redes sociais, seu perfil protestou contra a prisão, afirmando que o ativista foi detido arbitrariamente. "É o oitavo preso político do Brasil", disse a conta.

O blogueiro era próximo da extremista Sara Giromini, conhecida como “Sara Winter”, que também foi presa. Nesta semana, ela foi solta, porém com a necessidade de utilizar tornozeleira eletrônica.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Recentemente, Eustáquio esteve em uma transmissão ao vivo ao lado do ex-deputado, condenado no mensalão, Roberto Jefferson. O ex-parlamentar defende que haveria uma tentativa de golpe contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.