Mercado fechado

Blockchain: o futuro do armazenamento e gestão de dados

Colaborador externo

*Por Leandro Laporta

A revolução digital cria um ambiente de profundas mudanças dentro das empresas. Tecnologias como a Inteligência Artificial e a Internet das Coisas (IoT) ganham cada vez mais espaço dentro das companhias, aumentando o número de serviços e provedores. Nesse cenário, uma empresa que não se preparou para essa nova etapa da indústria mundial pode encontrar problemas de armazenamento de dados e muita lentidão nos processos.

O grande desafio do mercado atual é encontrar maneiras e tecnologias para lidar com essa quantidade de informações, mas ao mesmo tempo rastrear e proteger seus produtos ao longo da cadeia de produção.

Com a alta demanda de serviços online e os novos padrões de consumo, as empresas precisam garantir a integração e a segurança dos usuários, já que o consumidor está cada vez mais exigente na internet. Fatores como segurança e transparência são importantes na escolha de uma plataforma de confiança.

Outro problema comum são as fraudes digitais. Estima-se que, em todo mundo, elas causam cerca de 5 trilhões de dólares em perdas. Em 2018, o terceiro país que mais sofreu prejuízos em negócios online foi o Brasil. Isso mostra que o brasileiro está mais preocupado com sua segurança online do que a maioria dos usuários no mundo.

Uma tecnologia que surgiu há mais de 10 anos, com a função de realizar transferências de criptomoeda, pode ser a solução: o Blockchain permite o rastreamento de um produto ao longo de todo o seu ciclo de vida, removendo intermediários e mantendo a criptografia ao longo do processo.

De acordo com uma pesquisa do Gartner, o Blockchain vai movimentar em 2023 cerca de US$ 2 trilhões em mercadorias. Com cadeias mais enxutas e descentralizadas, os processos internos nas empresas tendem a ser mais rápidos, aumentando a produtividade das companhias.

Um fator importante da adoção do Blockchain é sua capacidade de garantir a segurança dos dados em todos os processos envolvidos, já que seus fatores de autenticação avisam quando dados são trocados. Em um futuro próximo, com a era da LGPD e da privacidade dos dados se aproximando, garantir o fluxo de informações em segurança será muito importante para garantir a sobrevivência de empresas no mercado.

O Blockchain tem a capacidade de analisar contratos, armazenar informações, e até de controlar a identificação de passageiros em aeroportos. É um sistema completo na gestão e armazenamento inteligente de dados. As possibilidades de seu uso são muito amplas, o que possibilita uma gestão rápida e eficiente de ativos e clientes a qualquer momento.

Saber analisar e armazenar dados de maneira segura ajuda a entender as necessidades de seus clientes e aprimorar seu relacionamento com o público.Ter seus dados otimizados e saber o que você precisa na hora certa e no momento certo será o grande diferencial para qualquer empresa nos próximos anos, quando segurança e armazenamento de ativos farão toda a diferença.

*Leandro Laporta é Diretor de Arquitetura de Soluções e Parcerias da Orange Business Services para a América Latina

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: