Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.490,71
    +486,19 (+1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Blockchain e metaverso serão estudados em evento de cidades inteligentes

Jovens usando óculos para entrar no metaverso de blockchain
Jovens usando óculos para entrar no metaverso de blockchain

Como foco em criar uma cidade inteligente, sustentáveis e sem desigualdades, alunos de Itajaí farão um evento sobre tecnologias emergentes, como a blockchain, metaverso, entre outras. O evento faz parte de um encontro técnico-científico promovido por duas faculdades locais.

O conceito de cidade inteligente está levando muitos governos municipais a buscar inovações. Para isso, estudar e entender como a tecnologia fará parte deste futuro cada vez mais real é fundamental.

E a base desse debate está nas faculdades que formam anualmente milhares de novos programadores, que chegam ao mercado com a missão de criar as inovações com segurança. Em Santa Catarina, por exemplo, a cidade de Itajaí já distribui moedas digitais para a população desde fevereiro de 2022, incentivo dado para quem ajuda o meio ambiente local.

Mas os esforços vão além da conservação ambiental, com um evento sendo planejado para isso.

Blockchain, metaverso e inteligência artificial serão estudados em evento sobre cidades inteligentes

Muitas são as barreiras ainda para que as cidades inteligentes sejam uma realidade. Isso porque, embora as tecnologias tenham evoluído nos últimos anos, as inovações não param e fazer esse processo com responsabilidade não é nada fácil.

E algumas das tecnologias que poderiam ajudar no processo são IoT, inteligência artificial, blockchain e agora o chamado metaverso. Neste contexto de estudos sobre o que será possível aproveitar para a criação de cidades inteligentes sustentáveis, duas faculdades de Itajaí promovem um evento em conjunto para debater sobre os desafios das inovações.

Chamado “Computer on the Beach”, este é promovido anualmente pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) e a Escola do Mar, Ciência e Tecnologia (EMCT). Assim, ambas as instituições apresentam aos seus alunos de computação inovações e oportunidades que eles poderão utilizar em suas carreiras no futuro.

“Trata-se de um evento técnico-científico que visa reunir profissionais, pesquisadores e acadêmicos da área de computação, a fim de discutir as tendências de pesquisa e mercado da computação em suas mais diversas áreas.”

O evento começa nesta quinta-feira (5) e vai até o próximo sábado, com programação para o dia todo. Entre os apoiadores do evento estão a Fapesc, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Instituto Federal Santa Catarina, entre outros.

Outros eventos de olho em inovações com criptomoedas e blockchain para acompanhar nos próximos dias

Nos próximos dias uma séria de eventos no Brasil estão convidando interessados nos temas de criptomoedas, blockchain e NFTs a participarem.

Um deles está sendo promovido pela Comissão de Educação do Conselho Federal de Economia (Cofecon), que promoverá cinco encontros online e gratuitos sobre criptomoedas, fan tokens, entre outros mais.

Além disso, a XX Semana dos Museus promoverá a palestra “Objetos Museológicos: a estrutura de um modelo de valoração de acervos museológicos utilizando tokens em blockchain”, mostrando que a adoção da tecnologia está em vários setores, muito além das cidades inteligentes.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos