Mercado abrirá em 7 h 28 min
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,01
    +0,42 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.813,10
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    29.091,66
    -867,69 (-2,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    647,96
    -22,72 (-3,39%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.132,84
    -511,44 (-2,48%)
     
  • NIKKEI

    26.447,80
    -463,40 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    11.923,00
    -12,50 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2326
    +0,0143 (+0,27%)
     

Blockchain e metaverso são desafios para justiça, destaca evento no TJSC

Estátua da justiça e bitcoin no metaverso
Estátua da justiça e bitcoin no metaverso

As tecnologias do metaverso e de blockchain foram citadas no evento Judiciário Exponencial como desafios para a justiça. Dessa forma, os profissionais do setor seguem se capacitando sobre os assuntos e buscando compreender como regular essas inovações.

Esse evento foi sediado em 2022 no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), reunindo profissionais de todo Brasil, além de sua apresentação remota.

É importante destacar que as criptomoedas se tornaram parte de decisões judiciais em todo país nos últimos meses. Assim, juízes, promotores, entre outros estão buscando se capacitar sobre o assunto.

Juíza de São Paulo destacou potencial de uso das criptomoedas e blockchain

Uma das palestras do evento Judiciário Exponencial, ocorrido no TJSC entre os dias 26 e 28 de abril, foi da juíza do TJSP Renata Baião. Palestrante e pesquisadora de blockchain, Renata destacou o potencial das aplicações nos tribunais.

Um dos exemplos que ela deu é que os contratos inteligentes (smart contracts) possam ser utilizados para resolver problemas. Além disso, com a blockchain seria possível automatizar a resolução de problemas, principalmente com a integração dessa com outras inovações, como IoT, por exemplo.

Como a blockchain é um tema amplo, os profissionais devem se atentar as criptomoedas, NFTs, entre outros termos que seguem em alta neste setor.

Nos últimos dias, um concurso para juízes no Maranhão já exigiu conhecimentos em criptomoedas e contratos inteligentes de seus candidatos.

“Regular o metaverso é um dos novos desafios da justiça”

Além da tecnologia blockchain, uma inovação que o judiciário está de olho é a inteligência artificial. O próprio tribunal de Santa Catarina tem passado por um forte movimento de adoção de robôs, que estão sendo implementados no TJSC desde 2013 e são casos de sucesso.

Além disso, o CEO do evento Judiciário Exponencial, Ademir Piccoli, lembrou que um dos desafios dos profissionais do direito agora é em relação ao metaverso.

“O desafio de regulamentar o metaverso fará parte dos novos desafios da Justiça”.

Nos últimos anos as inovações em tecnologia tem causado grandes mudanças pelo mundo, seja com o Bitcoin, que muda a relação com o dinheiro, ou da inteligência artificial, que permite resolver situações de forma mais ágil. Ou seja, enquanto o mundo evolui, os profissionais do direito lutam para regular as tecnologias.

Na última terça-feira (26), o Brasil deu um passo neste sentido ao aprovar o marco regulatório das criptomoedas no Senado Federal, mostrando que essa em breve terá normas a serem seguidas e novidades para advogados e juízes brasileiros.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos