Mercado fechado

BlackRock alerta investidores para riscos da desglobalização

Annie Massa

(Bloomberg) -- Estrategistas da BlackRock alertam que décadas de globalização podem ser eliminadas devido à pandemia de coronavírus. Com isso, investidores podem enfrentar novos riscos após o fim das medidas de isolamento social.

Depois de mais de 25 anos integrando cadeias de suprimentos globais e mercados financeiros, “este é um momento de pausa real ou transformação”, disse Mike Pyle, estrategista-chefe de investimento global do BlackRock Investment Institute, durante conferência de imprensa virtual na segunda-feira.

“O tipo de personagem ‘Rip Van Winkle' deste momento é mais pronunciado”, disse Pyle, em referência ao conto de um homem que dorme por 20 anos e, quando acorda, encontra um mundo diferente. “Estamos todos fora de nossas vidas normais, todos trabalhando em casa, diante deste evento global muito significativo.”

A pandemia intensificou as tensões entre EUA e China, obrigando empresas a reavaliarem as cadeias de suprimentos e como fazem negócios no mundo todo. Como resultado, Pyle disse que investidores precisarão repensar como montam seus portfólios, considerando cuidadosamente quais locais geográficos serão motores do crescimento.

A inflação será outro grande risco decorrente da desglobalização, de acordo com Elga Bartsch, chefe de pesquisa macro do BlackRock Investment Institute. “A globalização foi um fator importante para manter a inflação baixa”, disse Bartsch.

Os estrategistas cortaram a recomendação para ações dos EUA para neutra, citando riscos da pandemia, a tensão com a China e um ano eleitoral divisivo.

E agora têm recomendação neutra para a renda fixa da Ásia, também devido às renovadas tensões EUA-China.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.