Mercado abrirá em 3 h 2 min
  • BOVESPA

    121.241,63
    +892,84 (+0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.458,02
    +565,74 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,55
    +0,19 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.843,00
    +13,10 (+0,72%)
     
  • BTC-USD

    37.167,64
    +725,91 (+1,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    732,88
    -2,26 (-0,31%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.752,84
    +32,19 (+0,48%)
     
  • HANG SENG

    29.642,28
    +779,51 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.917,00
    +114,75 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4102
    +0,0149 (+0,23%)
     

Black Friday: Procon-RJ divulga lista de 200 sites que devem ser evitados

Luciana Casemiro
·1 minuto de leitura
Foto: Arquivo

A poucos dias da Black Friday, o Procon-RJ divulga uma lista de 200 sites que devem ser evitados pelos consumidores na hora de ir às compras. Além de sites de venda fraudulentos, a entidade de defesa do consumidor inclui no rol as empresas que não entregam os produtos, não respondem as reclamações dos clientes, nem as notificações da entidade.

Para montar a lista o Procon-RJ analisou ainda se os sites tinham cadastro ativo na Receita Federal e estão aptos a emitir nota fiscal, se informavam CNPJ, endereço, telefone e outros meios de contato.

— Todos os sites foram checados, foi um trabalho de pesquisa grande. É importante que os consumidores consultem a lista para não cair em armadilhas — destaca Cassio Coelho, presidente do Procon-RJ.

Como economizar:

Coelho orienta ainda os consumidores a não enviar cópias de documentos por e-mail ou aplicativos de mensagens, sob nenhum pretexto:

— Sites fraudulentos têm usado o pretexto que os documentos são necessários para emissão da nota fiscal, é uma mentira. Não caiam nessa armadilha a pretexto de oferecer desconto ou de remassa do protduto.

Preços e prazos de entrega muito abaixo dos praticados no mercado também são um sinal de alerta para golpe. Sites que aceitam apenas pagamento por boleto bancário devem ser evitados, pois em caso de problema com a compra, o consumidor terá mais dificuldade de ressarcimento.

O Procon-RJ preparou uma cartilha com orientações para compras em lojas virtuais e físicas durante a promoção. Basta clicar aqui para baixar o material.